Canal de ouvidoria recebeu quase 16 mil manifestações sobre o novo coronavírus

Divulgação Fala.BR

Cidadão pode relatar falta de insumos, desobediência às medidas de prevenção, questões sobre o recebimento de auxílio emergencial, irregularidades na aplicação de recursos, além de apresentar sugestões para o combate à pandemia
– Foto:
Divulgação/CGU

Quase 16 mil manifestações relativas à prestação de serviços ou à atuação de agentes públicos nas ações de enfrentamento ao novo coronavírus foram registradas na plataforma Fala.BR, em pouco mais de um mês. De acordo com a Controladoria-Geral da União (CGU), responsável pela plataforma, o número representa 13% de todos os registros dos últimos 30 dias. Os dados constam do relatório, que detalha os assuntos e órgãos mais demandados, divulgado, na última segunda-feira (11), pela CGU. 

Em 20 de março, a CGU criou o canal específico para que a população se manifestasse em relação às ações públicas prestadas no enfrentamento da pandemia de Covid-19. Pelo canal, o cidadão pode relatar, por exemplo, a falta de insumos nos órgãos públicos, desobediência às medidas de prevenção, questões sobre o recebimento do Auxílio Emergencial, irregularidades na aplicação de recursos, além de sugestões que auxiliem no enfrentamento da pandemia.

De acordo com a CGU, os órgãos mais demandados nas reclamações são: o Ministério da Cidadania, a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev) e o Ministério da Saúde. Entre os assuntos estão: o Auxílio Emergencial, solicitação de benefícios, dúvidas e reclamações sobre os critérios e operacionalização do recebimento, além de denúncias de supostos recebimentos indevidos.

Já as sugestões apresentadas tiveram destaque aquelas que tratam de questões tributárias e trabalhistas, prorrogações de prazos, disponibilização de linhas de crédito, concessão de benefícios e auxílios financeiros e alteração de normas regulatórias, entre outras.

Análise estratégica

A CGU tem realizado diariamente o monitoramento e a análise estratégica das informações recebidas por meio do Fala.BR, a fim de contribuir com as decisões do Governo, identificando as tipologias de manifestações mais utilizadas, as unidades mais demandadas, os assuntos mais recorrentes e as sugestões mais relevantes para o enfrentamento da emergência em saúde.

Confira o relatório completo aqui 

Saiba como se manifestar

As manifestações podem ser enviadas por meio de formulário eletrônico, disponível na plataforma Fala.BR, bastando escolher o órgão ou entidade e marcar o assunto “Coronavírus (Covid-19)”. Também é possível fazer denúncia diretamente à CGU (aqui), que pode ser anônima, bastando escolher a opção “Não identificado”.

Fonte: Controladoria Geral da União

Leia mais

Receita Federal abre consulta ao 3º lote de restituição do Imposto de Renda 2020

A Receita Federal abre nesta sexta-feira, 24, a partir das 9h, as consultas ao terceiro lote de restituição do Imposto de Renda de Pessoa Física 2020, relativo...

Morre ex-vereador e ex-secretário de Saúde de Nova Venécia

Faleceu no início da manhã desta segunda-feira (29), o ex-vereador e ex-secretário de Saúde de Nova Venécia, Marcos Jácome. Segundo informações da família, ele havia...

Pais de alunos estão indignados com “indiretas” de professores em redes sociais

Pais de alunos estão se mostrando indignados com alguns comentários de alguns professores e professoras nas redes sociais, sobre a paralisação das aulas devido...

Leia também

Brasil assina declaração sobre defesa do acesso das mulheres a promoção da saúde

Foto: Reprodução Trinta e um países, incluindo o Brasil, assinaram, em cerimônia virtual, a chamada Declaração de Consenso de Genebra, um documento no qual...

Publicadas regras de flexibilização do programa A Voz do Brasil

Apenas as rádios educativas devem manter o início da transmissão às 19h. A portaria que estabelece as condições, critérios e procedimentos para a flexibilização e...

Arrecadação prevista pelo Governo Federal em 2020 deve ter queda ‘brutal’, avalia IFI

Com a revisão mais recente feita pelo Executivo, a previsão da arrecadação do Governo Federal em 2020 terá uma redução de 12%. Em análise...

Espírito Santo autoriza funcionamento de cerimoniais infantis a partir de 3 de novembro

  O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), anunciou nesta sexta-feira (23) a autorização para o funcionamento de cerimoniais e espaços de recreação infantis...