Campus do Ifes em Barra de São Francisco será inaugurado em abril, garante Diretor

Na sessão legislativa desta segunda-feira (01), o diretor do Ifes – Instituto Federal do Espírito Santo, campus  Barra de São Francisco, José Gadioli, garantiu aos vereadores de que as instalações de todo o complexo educacional devem ser inauguradas na primeira semana de abril.

De acordo com a Assessoria de Imprensa da Câmara, em determinado momento de sua fala, deixou transparecer que existe até a possibilidade da vinda de alguma autoridade importante do governo Federal, prestigiar a entrega da obra.

A visita de Gadioli se deu quando o mesmo teve seu nome anunciado em um projeto de Lei, de autoria do vereador Jair Fernandes de Jesus, para a concessão de um título de cidadania francisquense .

O presidente da Câmara Municipal, vereador Lemão Vitorino (PSD),  aproveitando a oportunidade, convidou o dirigente do Ifes para que ocupasse a tribuna para dar maiores informações daquela unidade de ensino, convite que foi aceito por Gadioli que discorreu um pouco do que tem sido os trabalhos nos últimos anos.

Segundo ele, as paralisações que as obras sofreram impediram que a unidade já estivesse pronta, não por falta de empenho das autoridades e dirigentes, mas devido a burocracia administrativa e o não cumprimento de contratos firmados com empreiteiros. O terreno é proveniente de uma doação ao Ifes em 2014, fruto de parceria com a prefeitura municipal de Barra de São Francisco, e possui 11 alqueires de extensão territorial. Para dar início às obras, a instituição conta com recursos de Termo de Execução Descentralizada (TED) no valor de R$ 7,7 milhões, proveniente de mobilização do ex-deputado federal Lelo Coimbra e gestores do Ifes.

Informou ainda que foram obtidos cerca de 11 milhões de reais junto do Governo Federal que acreditou no empreendimento, no apagar das luzes do governo Michel Temer, relatando que graças ao entusiasmo e perseverança do então deputado federal Lelo Coimbra, que foi líder do governo naquele período, os recursos foram garantidos pelo então ministro da Educação Rossieli Soares.

Gadioli disse ainda que o campus Barra de São Francisco será um dos mais sustentáveis, estando na reta final de conclusão das obras, a inclusão de uma unidade fotovoltaica estando o complexo servido de eletricidade na casa dos 754 kwas, sendo parte destes a serem substituídos no projeto de captação de energia limpa, no caso a solar.

Ao final, ele agradeceu aos parlamentares municipais e todos os que sempre se dispuseram a auxiliar o campus nestes últimos anos, garantindo que faltam poucas semanas para a grande inauguração daquele complexo. José Gadioli compareceu acompanhado da mulher Áurea Volponi  Gadioli.

José Gadioli, Diretor do Ifes de Barra de São Francisco


Leia mais

Leia também