Campeão mundial de tênis em cadeira de rodas participa de live entre atletas da Sesport

Jogador de basquete e tênis em cadeira de rodas, Adalberto Rodrigues é o terceiro esportista contemplado pelo programa Bolsa Atleta a participar da série de bate-papo realizada pela Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport). A live acontece nesta segunda-feira (22), às 14 horas, com transmissão pelo perfil do Instagram da Secretaria (@sesportesoficial).

Campeão brasileiro de tênis em cadeira de rodas, em 2016, nas categorias individual e duplas, Rodrigues é um dos atletas paralímpicos capixabas mais vitoriosos, com títulos sul-americano e mundial conquistados no ano de 2006 em: Buenos Aires, na Argentina, e Brasília (DF), respectivamente.

A conversa vai ser comandada pela gerente de Formação de Alto Rendimento, Maylla Venturin. O objetivo da live é aproximar os atletas do público, além de entender um pouco mais da rotina dos esportistas durante esse período de pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

Conheça Adalberto Rodrigues

Adalberto Rodrigues nasceu em Vitória, no dia 27/04/1966. Desde criança sempre gostou de praticar esportes nas ruas de Goiabeiras, bairro da capital capixaba onde sempre residiu. Após completar 18 anos, foi servir ao Exército, onde praticava atletismo e futebol. No entanto, no ano de 1985, durante uma atividade, caiu de uma escada de oito metros e, por conta de uma lesão medular, ficou paraplégico.

Em 1987, retomou a rotina esportiva ao começar a praticar lançamentos de dardo e disco no Centro de Reabilitação Física do Espírito Santo (Crefes), onde fazia fisioterapia. No ano seguinte, através do professor Martoni Sampaio, conheceu o basquete em cadeira de rodas, modalidade que, a partir de então, nunca mais abandonou.

Mas foi em 1992 que Adalberto teve contato com o esporte que o levaria ao auge da carreira paralímpica. Na ocasião, ele aceitou um convite da Associação Niteoriense dos Deficientes Físicos (Andef), em Niterói, Rio de Janeiro, para ajudar a difundir na instituição o tênis em cadeira de rodas. Após dois anos, ele retornou para o Espírito Santo, onde iniciou a prática da modalidade. No início, treinava sozinho, com um sobrinho jogando-lhe as bolas a serem rebatidas. Porém, aos poucos, novos adeptos foram surgindo.

Em 1997, veio a primeira convocação de Adalberto para a seleção brasileira de tênis em cadeira de rodas, na disputa do mundial de Notthingham, na Inglaterra. A partir daí, várias outras convocações vieram. Em 2006, o atleta capixaba conquistou seus maiores títulos: campeão do mundo em Brasília, no primeiro campeonato mundial da modalidade realizado na América Latina, e sul-americano em Buenos Aires, na Argentina.

Além de participar como jogador, Adalberto também organizou torneios de tênis em cadeira de rodas por 16 anos aqui no Estado.

 

Leia mais

Governo assina concessão do cais pesqueiro do Porto de Fortaleza

A empresa vai arcar com R$ 3,4 milhões em outorgas ao longo dos 20 anos de contrato ...

O TEMPO E A TEMPERATURA: Sul do país tem tempo com chuva, nesta segunda-feira (10)

A semana começa com chuva e temperaturas mais altas na região Sul do país, nesta segunda-feira (10). Com o fim do bloqueio atmosférico, a...

Hospitais universitários vão ter mais de R$ 84 mi para aliviar gastos e despesas

O Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf) vai liberar R$ 84,6 milhões para custear os gastos dos hospitais vinculados a universidades....

Leia também

SE: Deputado estadual é condenado por ter realizado enquete sobre intenção de votos

O plenário Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) condenou, por unanimidade, um deputado estadual ao pagamento de multa de R$ 5 mil, por ter...

SP: Defesa Civil Estadual emite alerta para altas temperaturas nos próximos dias

A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil alerta para a elevação significativa das temperaturas e a sensação de calor intenso por todo estado...

Estado do Piauí terá protocolo para fortalecer presença de mulheres do setor de infraestrutura

O governo do Piauí vai assinar um protocolo de intenção para fortalecer a presença de mulheres no setor de infraestrutura. A iniciativa conta com...

Parceria entre Brasil e Alemanha incentiva pesquisa sobre tecnologia em manufatura

Brasil e Alemanha trabalham juntos em uma iniciativa para incentivar a pesquisa sobre tecnologia em manufatura. Trata-se do programa Bragecrim, fruto de uma parceria...