Câmara vota projeto que proíbe fogos de artifícios sonoros em Nova Venécia

Será votado nesta terça-feira (04), o projeto de Lei 01/2020, que proíbe o uso de fogos de artifícios para fins de produzir estouros e estampidos em locais fechados ou abertos, públicos ou privados, ou artefatos dessa natureza em espetáculos e shows pirotécnicos no Município de Nova Venécia.

A Proposição é de autoria do vereador Biel da Farmácia, que alega que a motivação da medida se dá em função dos vários pedidos feitos por mães de crianças autistas que relatam o desconforto quando tem fogos. Além disso, segundo ele, o objetivo também visa diminuir esse sofrimento para idosos, pessoas doentes e animais domésticos, que em alguns casos, até enfartam. Ele também ressaltou que com a proibição, a comercialização do produto é diminuída e, consequentemente, os acidentes que causam até mutilação de membros.

Mãe de autista, a advogada Lélia Tavares fala sobre a importância da aprovação do Projeto. “Essa mudança tem sido a tendência de todas as cidades do Brasil. O autista, em sua maioria possuem sensibilidade sensorial, os barulhos, principalmente inesperados, faz com que entrem em crise, muitas vezes sérias. Ocorre automutilação, choros, tampas os ouvidos, irritação, agressividade, trauma, quebra de rotina, sofrimento para toda família. Além da poluição sonora, os fogos com barulho causam poluição no ambiente com os gases, muitas aves morrem”, relata.

Já a médica veterinária, Maria Guadalupe Dias, esclarece os malefícios dos fogos de artifícios para fins de produzir estouros e estampidos. ”Causam estresse tremendo para os animais, temos o aumento de acidentes quando esses fogos sonoros acontecem. Além de óbitos, automotilação, diarreia, vômito. Se o animal morar em prédios, quanto mais alto estiver, pior o barulho. Não somente os gatos e cães sofrem Aves, por exemplo, podem deixar seus filhotes no ninho e não voltar mais ao ouvir o barulho. Se já é incomodo para o ser humano, imagine para os animais que tem audição mais sensível?”, indaga.

Biel frisou ainda que, a proibição é somente para fogos que causam barulho, uma vez outras localidades do País,  já realizam festividades  com o produto sem estampido.

Com informações de Jhon Martins / redenoticiaes

Leia mais

Servidores e alunos protestam por mais debate sobre implantação de ensino remoto na Ufes

Manifestantes dizem que proposta foi apresentada sem tempo hábil para discussão com as entidades de base. Ufes disse que todos tiveram a oportunidade de...

IPAJM: serviços on-line e videoconferência auxiliam na execução das atividades

Conectado às transformações digitais, e contando novamente com ajuda da tecnologia de videoconferência, o Instituto de...

Comércio deve ser reaberto na Grande Vitória, a partir de 4 de maio, afirma Casagrande

O governador Renato Casagrande fez um pronunciamento na...

Registros de prestadores de serviços turísticos crescem 38% no último trimestre, no país

O total de registros  no Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo (Cadastur) teve um aumento de 38% entre os meses...

Leia também