Câmara aprova Plano Nacional do Esporte

Compartilhe

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (28) o projeto de lei que cria o Plano Nacional do Esporte (PNEsporte). A medida tem o objetivo de garantir o acesso da população às práticas esportivas. A matéria segue para ser analisada no Senado.

Entre outros pontos, a proposta prevê que os gastos com políticas públicas que promovam o esporte e as atividades físicas poderão ser considerados investimentos em saúde. O projeto ainda veda o contingenciamento de recursos do esporte.

“O plano também pretende disciplinar a forma de cooperação entre os entes federativos e instâncias governamentais, bem como fomentar a interação entre o Estado e os atores esportivos privados”, explicou o relator da proposta, deputado Afonso Hamm (PP-RS).

De acordo com parlamentar, os recursos públicos direcionados ao segmento devem ser determinados por um planejamento fundamentado em diretrizes gerais, metas objetivas, indicadores, ações e parâmetros para avaliação e monitoramento da política esportiva.

Educação física nas escolas

A proposta estabelece um mínimo de três aulas de educação física por semana na educação básica, de acordo com normas definidas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC). O projeto também prevê a valorização dos profissionais de educação física, assegurando orientação, estruturas e equipamentos adequados.

“Para uma aula de educação física de qualidade, é imprescindível a presença de profissional de educação física com formação adequada, ambientes que permitam a realização das atividades, preferencialmente em quadras esportivas cobertas, disponibilidade de materiais esportivos e um conteúdo que atenda às necessidades atuais das crianças, adolescentes e jovens”, afirmou Hamm.

O plano inclui a meta de criar escolas esportivas que atendam alunos dos anos finais do ensino fundamental. A política pública é inspirada no Ginásio Experimental Olímpico, da prefeitura do Rio de Janeiro, que atende alunos dos anos finais do Ensino Fundamental.

“Enfatizamos a necessidade de investimento prioritário dos recursos públicos em quadras de esportes cobertas e em condições mínimas de segurança e funcionamento, com disponibilidade dos insumos indispensáveis para a prática do desporto educacional”, disse  o relator.

Metas de desempenho

O projeto estabelece que pelo menos 70% dos esportes do país sejam qualificados para os Jogos Olímpicos. O texto da proposta inclui um dispositivo para impedir que o resultado de atletas em competições olímpicas e de alto rendimento sejam utilizados para contratos entre o Ministério do Esporte e entidades como o Comitê Olímpico Brasileiro.

Transição de carreira

A transição para uma carreira esportiva profissional é abordada no plano. De acordo com o relator da matéria, foi incluído objetivo e respectivas ações para a promoção da assistência no momento de transição da carreira do atleta, bem como a promoção de campanhas de valorização do esporte e de incentivo da prática de atividades físicas para idosos.

Câmara aprova Plano Nacional do Esporte

Leia também

ES: motorista de aplicativo preso por se masturbar durante corrida é solto sem pagar fiança

O motorista da Uber de 42 anos, preso por se masturbar enquanto transportava uma passageira, na tarde do...

SEMTE entrega mais uma ponte de granito no córrego Denzol

Servidores da Secretaria Municipal de Transportes e Estradas (SEMTE) da prefeitura de Barra de São Francisco entregaram nesta...

CÂNCER DE BOCA: o que é, sintomas e tratamento

Você conhece alguém que já teve câncer de boca? Sabe como reconhecer e se prevenir dessa doença? Neste...

André Fagundes anuncia licitação para asfalto entre o Patrimônio da Penha e Santo Antônio do Quinze

  O prefeito de Nova Venécia, André Fagundes (PDT), anunciou a publicação do aviso de licitação para contratação de...

Ludmilla, Fundo de Quintal e mais: veja a agenda cultural do Espírito Santo

    Confira a agenda cultural com shows e outros eventos marcados no Espírito Santo nos próximos dias. Ludmilla — Foto:...

Quatro cidades pernambucanas atingidas por desastres receberão mais de R$ 1,6 milhão para ações de defesa civil

Quatro cidades pernambucanas atingidas por desastres naturais vão receber mais de R$ 1,6 milhão para ações de defesa...

Jaguaré anuncia calendário de vacinação antirrábica para cães e gatos

  É tempo de cuidar do seu melhor amigo! A Prefeitura de Jaguaré, por meio da Coordenação de Vigilância...

Secretaria de Saúde ampliará atendimento odontológico em Barra de São Francisco

A Secretaria Municipal de Saúde de Barra de São Francisco, está adotando medidas para ampliar o atendimento odontológico...