Câmara aprova criação da carteira de vacinação on-line

A Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei que cria o Cartão Nacional de Vacinação On-line, vinculado ao CPF dos titulares. O projeto prevê o acesso à carteira pelo titular preferencialmente por meio de aplicativo em dispositivos móveis ou equivalentes após cadastro no Ministério da Saúde. Os dados de vacinação viabilizarão ainda a emissão do Certificado Internacional de Vacinação, conforme a legislação vigente.

A intenção é substituir o cartão de vacinação em papel pelo acesso a um sistema com os dados do usuário a fim de acelerar o atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS). Outra novidade no parecer é que o sistema informatizado da Carteira Digital de Vacinação deverá avisar automaticamente o titular da necessidade de comparecer a uma unidade de saúde para atualização das vacinas.

CPI da Pandemia se reúne nesta quinta-feira (29) para analisar plano de trabalho

Brasil recebe 1 milhão de doses de vacinas da Pfizer nesta quinta-feira e Ministério da Saúde antecipa doses da AstraZeneca para maio

Na carteira digital deverão constar dados como o nome completo do titular, a filiação, a data de nascimento, o endereço, telefone para contato e CPF, além das informações sobre as vacinas aplicadas com o nome comercial, o lote e a data de validade. Todas as unidades de saúde terão acesso às informações da carteira digital, respeitado o sigilo dos usuários e a manutenção e a auditoria do sistema da carteira digital de vacinação serão feitas pelo gestor federal do SUS.

Vacina. Foto: Agência Brasil.Vacina. Foto: Agência Brasil.

Leia mais

Leia também