Caixa inicia operações com recursos do Fungetur

A Caixa Econômica Federal iniciará a operação dos recursos do Fundo Geral do Turismo (Fungetur). Micro e pequenas empresas do setor em todo o País, cadastradas no Sistema de Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), terão acesso a linhas de financiamento pelo fundo. Inicialmente, a pasta já disponibilizou R$ 200 milhões à instituição para que possa ofertar às empresas do setor.

Ao todo, já foram concedidos, neste ano, mais de R$ 2,5 bilhões em crédito emergencial para empreendedores da cadeia produtiva do turismo.  Com o novo parceiro, o Ministério do Turismo espera preservar mais empregos e empresas impactadas pela Covid-19.

Gestores públicos ganham mais prazo para prestarem contas sobre repasses do Bolsa Família e Cadastro Único

Projeto que moderniza Lei de Recuperação Judicial e Falência aguarda sanção presidencial

A medida foi possível a partir da ratificação de um termo assinado entre o Ministério do Turismo e a Caixa. A parceria já existia, mas agora, com esta atualização contratual, foi viabilizado o acesso da instituição aos R$ 5 bilhões disponibilizados pelo Governo Federal em socorro a empreendedores do setor, a fim de reduzir os efeitos da pandemia.

O Fungetur conta, atualmente, com 23 instituições financeiras credenciadas. A ampliação do número de instituições habilitadas a operar o fundo é parte de um esforço permanente do Ministério do Turismo para garantir que o dinheiro chegue, de forma facilitada e mais rápida, aos empreendedores do setor de turismo que precisam desses recursos.

Caixa Econômica Federal. Foto: Agência Brasil.

Leia mais

Leia também