Caixa firma parceria para facilitar o acesso ao crédito para micro e pequenas empresas

Caixa firma parceria para facilitar o acesso ao crédito para micro e pequenas empresas

As micro e pequenas empresas vão poder contar com uma plataforma de crédito e orientação de investimento
– Foto:
EBC

A Caixa e o Sebrae assinam nesta segunda-feira (20) um convênio com objetivo de facilitar o acesso ao crédito das micro e pequenas empresas, bem como microempreendedores individuais (MEI). A parceria faz parte do conjunto de medidas que vêm sendo implementadas pela Caixa e o Governo Federal para reduzir o impacto provocado pela crise do coronavírus sobre os pequenos negócios no Brasil.

Segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, a parceria com o Sebrae tem o objetivo de apoiar o setor que vem sofrendo com a pandemia. “A Caixa, enquanto banco público, tem a missão de dedicar atenção especial a este cliente que gera tantos empregos no País. Através da parceria, o banco disponibilizará melhores condições de taxas, prazo e carência, de forma a atender a demanda por crédito desse setor tão importante para a economia”.

“A expectativa da Caixa é injetar R$ 7,5 bilhões em linhas de crédito facilitado para o setor”, acrescentou o Guimarães.

A parceria utiliza as linhas de crédito disponibilizadas pela instituição econômica, e as garantias complementares serão concedidas pelo Sebrae por meio do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe). Segundo o vice-presidente de Varejo do banco, Celso Leonardo Barbosa, “os empresários poderão contar com uma verdadeira plataforma de crédito assistido, prazo de carência de até 12 meses para começar a pagar e prazos flexíveis para pagamento”. 

Outros benefícios

Além de entrar com recursos para alavancar o volume de operações de crédito através do Fampe, o Sebrae irá oferecer aos empreendedores a inovação do crédito assistido. Segundo o presidente do Sebrae, Carlos Melles, “um dos maiores obstáculos no acesso dos pequenos negócios a crédito é a exigência de garantias feita pelas instituições financeiras. Nesse sentido, o Fampe funciona como um salvo-conduto, que vai permitir aos pequenos negócios, incluindo até o microempreendedor individual, obterem os recursos para capital de giro, tão necessários para atravessarem a crise provocada pela pandemia do coronavírus, mantendo os negócios e os empregos”, explica.

Saiba como solicitar o crédito 

Leia mais

Ministério da Justiça lança manual de recomendações para agentes públicos de segurança

Documento tem como missão padronizar as orientações neste momento de pandemia O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP),...

Veneciana será capa da Revista do Boticário

Para completar o feito, um creme foi elaborado com a escolha da fragrância da revendedora, e...

‘Ela queria se matar’, relata mãe de adolescente que denunciou PM por estupro

Agente também é suspeito de abusar sexualmente da filha de 13 anos. Casos são investigados pela Polícia Civil e pela corregedoria da Polícia Militar. Por...

Espírito Santo está há mais de dois meses sem feminicídios

O Espírito Santo já está há mais de...

Leia também

Casal comemora 60 anos de união em Nova Venécia

» Maurílio Cicutti, 82 anos, e Nair Santana Cicutti, 80, comemoraram 60 anos de casados No último dia 15, os moradores de Nova Venécia, Maurílio...

Veneciano tem empresa de tijolo na Flórida e afirma que País é lugar das oportunidades

» Rodrigo Scamparle possui empresa de instalação de tijolo de concreto, na Flórida Estando há 16 anos residindo nos Estados Unidos, Rodrigo Scamparle, 37 anos,...

Grupo VSB Granitos e Posto do Elias entregam presentes no Dia das Crianças

O Grupo VSB Granitos e Posto do Elias entregaram no Dia das Crianças, brinquedos e cestas básicas no Posto do Elias e no bairro...

ONDE “DORMEM” OS MORTOS: OS PRIMEIROS CEMITÉRIOS NO SERTÃO DO CRICARÉ

» Detalhe de foto datada do início da década de 1950 onde se vê o primeiro Cemitério Público de Nova Venécia ao fundo da...