Busca por ‘refúgio’ durante a pandemia dobra número de atendimentos em Marechal Floriano, diz secretária

Segundo a secretária de Saúde do município, famílias inteiras estão em sítios da região durante a quarentena.

Marechal Floriano, no ES, dobrou número de atendimentos — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Desde o início da pandemia de coronavírus, municípios da Grande Vitória registram os números mais altos de casos da doença no Espírito Santo. Entretanto, a Covid-19 também tem avançado pelo interior do estado. Um dos motivos pode ser a busca de parte da população por um “refúgio” em cidades pequenas.

No município de Marechal Floriano, na região Serrana, a secretária municipal de Saúde conta que o número de atendimentos nas unidades dobrou.

“O número de atendimentos dobrou, porque as pessoas que estão em sítios e condomínios aqui trouxeram toda a família com eles. Isso superlotou”, disse Maria Arlete Novaes.

Por causa disso, a prefeitura tem recomendado que a população ligue para o atendimento remoto antes de comparecer às unidades de saúde. A ferramenta irá atender das 08h às 21h através do número (27) 999645822.

Até a última atualização do Painel Covid, plataforma do Governo do Estado para divulgação do casos, Marechal Floriano registrou 265 contaminados e oito mortes pela doença.

Ainda segundo a secretária, o isolamento social não tem sido respeitado por todos, o que preocupa a administração municipal. Na média, a cada 100 pessoas, 60 estão ficando em casa.

“Chegam os finais de semana, as pessoas acham que fazer festa em família não tem problema, que é só em lugares públicos que eles seriam infectados. A luta é diária para que as pessoas acreditem que a Covid está aí e que o problema é muito grande. A gente percebe que a população, em alguns momentos, desistiu desse isolamento”, desabafou.

Nos números da prefeitura, são 266 casos confirmados de coronavírus. A sede lidera, com 105 registros. No entanto, destes, 82 já estão curados.

Em seguida, estão Santa Maria (38), Santa Rita (30), Araguaya (21), Soído de Baixo (18), Jarbinhas (8), Alto Marechal (8), Batatal (07), Ponto Frio (6), Vila das Orquídeas (5), Rio Fundo (5), Victor Hugo (4), Costa Pereira (04), Boa esperança (3), Vila dos Ipês (2), Estrada Caracol (1) e Vale das Palmas (1).

O município tem 644 casos notificados, 163 suspeitos em investigação e 210 curados.

Todos os casos confirmados e suspeitos estão sendo monitorados pela Vigilância Epidemiológica Municipal.

No Mapa de Gestão de Risco feito pelo Governo do Estado válido até este domingo (21), Marechal Floriano aparece classificado como risco alto.

O comércio está parcialmente reaberto, mas, para evitar a concentração de pessoas, a prefeitura lançou o “Disk Aglomeração”, através do (27) 98849-3772. Praças e áreas públicas da cidade foram isoladas.

 

Leia mais

Leia também