Britânico antivacina morre após postar foto com respirador para se mostrar arrependido


Um homem cético em relação às vacinas contra covid morreu num hospital do Reino Unido duas semanas depois de um médico publicar uma foto dele sentado em um leito de hospital. A informação é do portal UOL. 

Matthew Keenan, da cidade de Bradford, permitiu que Leanne Cheyne postasse a imagem dele com máscara de oxigênio, para que servisse de apelo para as pessoas se vacinarem. Cheyne, que é pneumologista, disse que o homem de 34 anos contou a ela que “queria voltar no tempo”.

“Matthew concordou com que eu compartilhasse a história dele. 34 anos, treinador de futebol e pai. Cético confesso da vacina até pegar covid, ele queria poder voltar no tempo. Nossos pacientes mais graves não tomaram a vacina e têm menos de 40 anos. Matthew está lutando pela vida… Salvem as suas”, publicou Cheyne no Twitter, no dia 11 de julho, junto com a foto do paciente.

Matthew Keenan

Matthew Keenan (Foto: LEANNE CHEYNE/TWITTER)