Brasil tem três novas metrópoles: Vitória, Florianópolis e Campinas

Com a mudança de classificação, IBGE passou a identificar 15 cidades como principais centros urbanos no Brasil.

Três novas metrópoles surgiram no país na década encerrada em 2018: Vitória (ES), Florianópolis (SC) e Campinas (SP). No caso dessa última, é primeiro arranjo populacional a ser considerado metrópole no país sem ser originado de capital estadual. É o que mostrou nesta quinta-feira (25) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) ao divulgar a pesquisa Regiões de Influência das Cidades de 2018 (REGIC 2018).

No caso das três novas metrópoles, elas estavam classificadas como capitais regionais na versão anterior da pesquisa, realizada em 2007. Mas em 2018 foram reclassificadas, devido à percepção do IBGE de transformação, nessas localidades, entre 2007 e 2018. Em 2018, o IBGE atestou que esses arranjos populacionais detinham grande quantidade empresas e instituições públicas multilocalizadas – além de possuírem expressiva atratividade para bens e serviços.

Com a mudança de classificação, o IBGE apurou 15 metrópoles do país em 2018, como principais centros urbanos no Brasil.

Além das três novas, permanecem nessa classificação São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Salvador (BA) e Manaus (AM).

O instituto lembrou que os arranjos populacionais de metrópoles são estruturas de maior porte do que as cidades. Uma metrópole, além da cidade de origem, abrange municípios no entorno, com tamanha integração entre eles que justifica tratá-los como “um único nó” da rede urbana – principalmente nos deslocamentos para estudo e trabalho.

O levantamento é decenal, e visa analisar a rede urbana brasileira, e estabelecer hierarquia de centros urbanos e as regiões de influência das cidades. Na pesquisa, são cinco classificações para as cidades brasileiras, a depender da influência que exercem nas localidades em seu entorno. A mais importante é a denominação de metrópole – uma localidade a qual todas as cidades no Brasil recebem influência direta, seja de uma ou de mais de uma simultaneamente.

São Paulo continua sendo a maior metrópole

A cidade de São Paulo (SP) permaneceu como a principal metrópole do país. Na pesquisa, São Paulo ocupa isoladamente, a posição de maior hierarquia urbana do Brasil. O IBGE lembrou que esse centro urbano tem arranjo populacional de 21,5 milhões de habitantes em 2018 e representava 17,7% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2016.

O IBGE informou ainda que Brasília (DF) e Rio de Janeiro (RJ) ocupam juntas segunda colocação hierárquica, também com forte presença nacional. O instituto lembra que o arranjo populacional de Brasília contava, em 2018, com 3,9 milhões de habitantes, enquanto o do Rio de Janeiro somava 12,7 milhões de pessoas, no mesmo ano.

Os arranjos populacionais de metrópoles são estruturas de maior porte do que as cidades. Uma metrópole, além da cidade de origem, abrange municípios no entorno, com tamanha integração entre eles que justifica tratá-los como “um único nó” da rede urbana – principalmente nos deslocamentos para estudo e trabalho.

No levantamento, 32 cidades de 12 Estados passaram ser consideradas Capitais Regionais em 2018. Os Estados de Goiás, Mato Grosso e Rondônia foram os que mais aumentaram em termos relativos o número de Capitais Regionais. Essa classificação serve para centros urbanos com alta concentração de atividades de gestão – mas com alcance menor, em termos de região de influência, em comparação com as metrópoles.

Ao todo, 97 Cidades foram classificadas como Capitais Regionais em todo o país.

 

Orla de Camburi, em Vitória — Foto: Leonardo Silveira/ PMV

Metrópole, do grego metropolis, é o termo empregado para se designar uma cidade que polariza uma complexa rede de municípios, exercendo influências de ordem econômica, política e sociocultural.

Em certos países ou estados cujos territórios estão divididos em várias parcelas não contínuas, o termo metrópole designa também o território continental ou central desses países por oposição ao seu território não continental ou ultramarino. O termo é especialmente aplicado, no âmbito de impérios coloniais, para se referir ao território original da potência colonial, por oposição às suas colônias. Assim, por exemplo, até 1975, a Metrópole Portuguesa incluía Portugal Continental, o arquipélago da Madeira e o arquipélago dos Açores, constituindo os restantes territórios o Ultramar Português. Ainda hoje, os territórios franceses situados na Europa constituem a França Metropolitana, enquanto que os restantes constituem as coletividades do Ultramar.

A questão das grandes cidades e culturas extraeuropeias tem sido amplamente estudada pelo investigador alemão Ronald Daus. O termo metrópole, que é de origem grega e chegou ao português através do latim (com essa grafia a partir do século XVII), se referia à capital de uma província. O significado urbano atual é do século XVIII.

Leia mais

São Gabriel e Nova Venécia entre os 15 municípios capixabas com mais casos de Coronavírus

São Gabriel da Palha e Nova Venécia entram na lista dos 15 municípios do Espírito Santo com mais casos confirmados de Coronavírus. Nova Venécia, chegou...

Policias apreendem 82 buchas de maconha no bairro Colina em Barra de São Francisco

Na tarde desta quarta feira, 24/06/2020, após denuncias de um possível ponto de trafico de drogas no bairro Colina, em Barra de São Francisco,...

OMS diz continuar vendo uma escalada na pandemia em nível global

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS),...

Leia também

Lançado programa Mineração e Desenvolvimento que vai estimular retomada do País

Palavras do Ministro de Estado de Minas e Energia, Almirante Bento Costa Lima Leite Albuquerque Junior. Foto: Carolina Antunes/PR O Governo Federal lançou, nesta segunda-feira...

Eleições 2020: A disputa nas terras do garimpo de minérios

A extração de minério pelo Brasil gera uma enorme quantia de recursos para a região de onde os diversos tipos de minerais são garimpados....

Ministério da Saúde libera recursos para 77 municípios

O Ministério da Saúde repassou R$ 21,3 milhões para 77 municípios reforçarem o enfrentamento à Covid-19 nas comunidades e favelas. Entre os objetivos do...

Conselhos de direitos dos idosos vão poder emitir declaração de funcionamento para instituições de longa permanência

Conselhos estaduais e municipais de direitos da pessoa idosa ou de assistência social vão poder emitir declaração de funcionamento das Instituições de Longa Permanência...