Brasil tem safra recorde de grãos com 257.8 milhões de toneladas

Brasil tem safra recorde de grãos com 257.8 milhões de toneladas

Recorde se deve ao aumento de 4,2% na área plantada, aliado ao ganho de 0,3% na produtividade Foto: Mapa

A safra brasileira de grãos do período 2019/20 vai se encerrando com o registro histórico de 257,8 milhões de toneladas, segundo levantamento divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) nesta quinta-feira (10). Tendo à frente a soja, o milho e o algodão, esse volume é 4,5% ou 11 milhões de toneladas superior ao da safra passada.

O recorde se deve ao aumento de 4,2% na área plantada, aliado ao ganho de 0,3% na produtividade. Ainda faltam os resultados das culturas de inverno, principalmente o trigo, que passam por etapas que vão da fase vegetativa à finalização de colheita. Também contam para essa consolidação as culturas da região de Sealba (Sergipe, Alagoas e nordeste da Bahia).

A soja, que coloca o Brasil no patamar de maior produtor mundial, garante um novo recorde com a produção estimada em 124,8 milhões de toneladas e ganho de 4,3% em relação à safra 2018/19. Também o milho total caminha para situação semelhante, chegando a mais de 102 milhões de toneladas, dependendo ainda das lavouras cultivadas na região de Sealba, além de Pernambuco e Roraima. A participação desses estados é de algo próximo a 1,7% no consolidado nacional. A primeira safra já foi colhida e a segunda está em finalização.

Outro destaque é o algodão em pluma, que está para alcançar a marca recorde de 2,93 milhões de toneladas, com crescimento de 4,2% acima do período anterior. O dado positivo se deve aos investimentos feitos nessas lavouras e ao clima.

Para o arroz, fica o registro produtivo de 11,2 milhões de toneladas e crescimento de 6,7% em relação à última safra. Com colheita praticamente finalizada, 10,3 milhões de toneladas estão em áreas de cultivo irrigado e cerca de 900 mil toneladas em plantio de sequeiro. No caso do feijão, a estimativa de produção total é de 3,23 milhões de toneladas, principalmente do feijão-comum cores, com aumento de 6,4% ao obtido em 2018/19. A primeira e a segunda safras já estão encerradas.

As culturas de inverno (aveia, canola, centeio, cevada trigo e triticale) devem alcançar crescimento de 11,6% na área de cultivo, com destaque para o trigo, que apresenta expansão de 14,1%, situando-se em 2,33 milhões de hectares e, produção, dependendo do comportamento climático, de 6,8 milhões de toneladas.

 

Com informações da Conab

Leia mais

Ferramenta on-line mostra uso de imóveis pela União

– Foto: Câmara dos Deputados A nova versão do  Painel de Raio-X, do Ministério...

Acidente entre caminhões em Nova Venécia

Dois caminhões se envolveram em um acidente na manhã desta quinta-feira, dia 23, na área urbana da rodovia ES 130, em Nova Venécia. Segundo o...

Sindicato dos petroleiros denuncia contaminação e falta de testagem em plataformas do Espírito Santo

O Sindicato dos Petroleiros no Espírito Santo (Sindipetro-ES)...

Sebastião Andrade será o vice de Wemerson na disputa sucessória veneciana

Sebastião Andrade, conhecido como“Tiaozinho Mecanico”, foi o nome escolhido para ser o candidato a vice-prefeito do professor Wemerson Nogueira. Ambos são da Rede Sustentabilidade. Segundo...

Leia também

Vereador do PT perde a eleição e tenta reduzir salários na Câmara

O vereador José Valdeci (PT), depois de oito...

EDP alerta: 50 mil famílias podem perder o desconto da Tarifa Social

Tarifa Social de Energia Elétrica: EDP orienta sobre o desconto Um levantamento aponta que cerca de 50 mil famílias podem perder o benefício por...

Espírito Santo tem 30 mil testes de Covid-19 que vencem em dezembro; Sesa diz que todos serão usados antes

  Espírito Santo tem em estoque aproximadamente 30 mil testes para Covid-19 com data de vencimento de 19 de dezembro — Foto: Divulgação/Sesa O Espírito Santo...

Bolsonaro convida Meneguelli para almoço em Brasília

O Prefeito Sérgio Meneguelli irá almoçar com o Presidente da República Jair Bolsonaro na quarta-feira (2) da próxima semana, ao meio dia. A primeira...