Brasil conquista 21º ouro nos Jogos de Tóquio

O Brasil igualou o recorde histórico de medalhas de ouro em Jogos Paralímpicos que havia sido alcançado em Londres 2012. São 21 ouros conquistados até agora em Tóquio. A 21ª medalha dourada veio com Thiago Paulino no arremesso de peso da classe F57. Em Tóquio, o Brasil também já alcançou a marca de 100 medalhas de ouro na história dos Jogos Paralímpicos.

Dos 236 atletas titulares em Tóquio, 226 (95,7%) integram o Bolsa Atleta, programa de patrocínio individual do Governo Federal. A maior parte dos esportistas (57,6%) recebem Bolsa Pódio que é a principal categoria do Bolsa Atleta.

O Brasil está em sétimo no ranking mundial com 61 medalhas, sendo 21 de ouro, 14 de prata e 26 de bronze.

O nadador Wendell Belarmino, que obteve sua terceira medalha nos jogos de Tóquio, um bronze nos 100m borboleta da classe S11, comemorou a campanha de sucesso da equipe paralímpica.

“Igualamos a melhor campanha do Brasil em Jogos Paralímpicos e é muito legal poder fazer parte de tudo isso. É incrível ver como as pessoas estão conhecendo mais o esporte paralímpico, estão dando valor para isso, estão tratando a gente agora realmente como atleta de alto nível e isso é muito gratificante”, disse Wendell Belarmino que está em sua primeira paralimpíada e recebe o Bolsa Pódio.

A medalha de Belarmino foi a 23ª da natação e encerrou a participação da modalidade nesta edição dos Jogos Paralímpicos.

Dobradinha brasileira no pódio do atletismo

Quando Thiago Paulino subiu ao pódio para receber a 21ª medalha de ouro do Brasil em Tóquio ele estava acompanhado de outro brasileiro, Marco Aurélio Borges que ficou com o bronze no arremesso de peso da classe F57. Thiago Paulino é contemplado pelo Bolsa Pódio e Marco Aurélio Borges recebe o Bolsa Atleta na categoria Nacional.

Primeira prata na paracanoagem

O atleta Luis Cardoso, que integra o Bolsa Pódio, conquistou a primeira prata da paracanoagem em Jogos Paralímpicos na final do caiaque KL1 200m.

“Acho que não conseguiria ter chegado onde cheguei se eu não tivesse esse auxílio porque muitas das coisas que estou investindo é com esse dinheiro. Com relação à embarcação fora, muitas viagens eu que banco. Meu treinador antes eu que pagava. Fora outras coisas para eu me manter e conseguir não trabalhar e pensar só na canoagem”, disse o nadador.

Ouro no goalball

E teve medalha de ouro inédita no goalball masculino. O time venceu a China. Na modalidade, com a equipe masculina, o país havia conquistado a prata em Londres 2012 e o bronze no Rio 2016, mas faltava o ouro para completar o conjunto de medalhas.

Porta-bandeira do encerramento

Dono de uma campanha histórica em paralimpíadas, o nadador multimedalhas Daniel Silva será o porta-bandeira do Brasil no encerramento dos Jogos Paralímpicos de Tóquio.

Daniel Silva é contemplado pelo Bolsa Pódio e soma 27 medalhas em Jogos Paralímpicos, três delas em Tóquio. No total, são 14 ouros. O nadador oficializou a aposentadoria das piscinas após os jogos de Tóquio.

Bolsa Atleta

O Brasil compete em Tóquio com a maior delegação em Jogos Paralímpicos no exterior. São 259 atletas, incluindo atletas-guia, calheiros, goleiros e timoneiro. Desse total, 236 são atletas titulares, dos quais 226 (95,7%) integram o Bolsa Atleta.

A maior parte dos atletas (57,6%) recebem Bolsa Pódio que é a principal categoria do Bolsa Atleta. São 136 atletas. Nas outras categorias são: 44 na Paralímpica, 26 na Internacional e 20 na Nacional.

O investimento total é de R$ 117 milhões do Governo Federal via Bolsa Atleta aos 226 esportistas desde 2005. Só no ciclo entre os Jogos Rio 2016 e Tóquio, são R$ 75 milhões depositados diretamente aos integrantes da delegação brasileira.

Ouro

Alana Maldonado – judô, na categoria até 70 quilos da classe B2. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Alessandro Rodrigo – atletismo, lançamento disco da classe F11. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Beth Gomes – atletismo, lançamento de disco da classe F53. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Claudiney Batista – atletismo, lançamento de disco da classe F56. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Gabriel Araújo – natação, 200m livre da classe S2. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Gabriel Araújo – natação, 50m costas da classe S2. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Gabriel Bandeira – natação, 100m borboleta da classe S14.
Petrucio Ferreira – atletismo, 100m da classe T47. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Wallace dos Santos – atletismo, arremesso de peso da classe F55. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Wendell Belarmino – natação, 50m livre da classe S11. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Maria Carolina Santiago – natação, 50m livre da classe S1. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Mariana D’Andrea – halterofilismo, levantamento de peso na categoria até 73 quilos. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Maria Carolina Santiago – natação, 100m livre da classe S12. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Maria Carolina Santiago – natação, 100m peito da classe 12. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Nathan Torquato – parataekwondo, classe K44 até 61kg. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Silvânia Costa – atletismo, salto em distância da classe T11.
Talisson Glock – natação, 400m livre da classe S6. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Thiago Paulino – atletismo, no arremesso de peso da classe F57. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Time de goalball masculino.
Yeltsin Jacques – atletismo, 1.500m da classe T11. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Yeltsin Jacques – atletismo, 5000m da classe T11. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.

Prata

Alessandro Rodrigo da Silva – atletismo, arremesso de peso da classe F11. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Bruna Alexandre – tênis de mesa da classe 10. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Cecília Araújo – natação, prata nos 50m livre da classe S8. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Gabriel Araújo – natação, 100m costas da classe S2. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Gabriel Bandeira – natação, 200m livre da classe S14.
Gabriel Bandeira – natação, 200m medley da classe SM14
Jovane Guissone – esgrima em cadeira de rodas, na espada individual, pela categoria B. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Luis Cardoso – paracanoagem, no caiaque KL1 200m. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Marivana Nóbrega – atletismo, arremesso de peso da classe F35. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Raíssa Rocha Machado – atletismo, lançamento de dardo da classe F56. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Rodolpho Riskalla – hipismo de adestramento. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Thalita Simplício – atletismo, 400m da classe T11. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Vinícius Rodrigues – atletismo, 100 metros da classe T63. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Equipe de natação – Revezamento 4x100m livre misto para deficientes visuais. Atletas participantes: Maria Carolina Santiago (Bolsa Pódio), Wendell Belarmino (Bolsa Pódio), Douglas Matera (Bolsa Internacional) e Lucilene Sousa.

Bronze

Beatriz Carneiro – natação, 100 m peito da classe SB14.
Carlos Chagas -bocha, prova individual da classe BC1. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Cátia Oliveira – tênis de mesa pela classe 2. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Cícero Valdiran Lins Nobre – atletismo, lançamento de dardo da classe F57. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Daniel Dias – nos 100m livre da classe S5. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Daniel Dias – nos 200m livre da classe S5.
Jardênia Felix – atletismo, nos 400m da classe T20. Recebe o Bolsa Internacional do Governo Federal.
João Victor Teixeira – atletismo, arremesso de peso da classe F37. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal
João Victor Teixeira – atletismo, lançamento de disco na classe F37. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Julyana da Silva – atletismo, lançamento de disco da classe F57. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Lúcia Araújo – judô, na categoria até 57 quilos da classe B3. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Phelipe Rodrigues – natação, 50m livre da classe S10. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Washington Junior – atletismo, 100m da classe T47. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Marco Aurélio Borges – atletismo, arremesso de peso da classe F57. Recebe o Bolsa Atleta na categoria Nacional.
Maria Carolina Santiago – natação, 100m costas da classe S12. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Mateus Evangelista – atletismo, salto em distância pela classe T37. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Meg Emmerich – judô, na categoria até 70 quilos da classe B3. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Maciel Santos – bocha, prova individual da classe BC2. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Mariana Gesteira – natação, nos 100m livre da classe S9. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Renê Pereira – remo na prova do single skiff masculino da classe PR1. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Silvana Fernandes – parataekwondo, até 58kg da classe K44. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Talisson Glock – natação, 100m livre da classe S6. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Wendell Belarmino – natação, 100m borboleta da classe S11. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.
Equipe de natação: revezamento 4 x 50m livre misto Atletas participantes: Daniel Dias, Joana Neves, Talisson Glock, que recebem Bolsa Pódio e Patrícia Santos, que tem o Bolsa Atleta na categoria Paralímpica.
Equipe de natação: Equipe de natação: revezamento 4 x 100m da classe S14. Atletas participantes: nadadores Ana Karolina Soares (Bolsa Atleta Internacional), Debora Carneiro (Bolsa Pódio), Felipe Vila Real (Bolsa Atleta) e Gabriel Bandeira.
Equipe de tênis de mesa feminino da classe 9 e 10: Daniele Rauen (Bolsa Pódio), Bruna Alexandre (Bolsa Pódio) e Jennyfer Parinos (Bolsa Pódio).

Brasil conquista 21º ouro nos Jogos de Tóquio

Thiago Paulino conquista ouro que iguala desempenho do Brasil em Londres. Foto: Fabio Chey/CPB