Brasil atinge a menor média de mortes por Covid-19 desde o dia 2 de junho

Laboratório da Fiocruz, onde são feitos testes envolvendo a Covid-19 (Foto: Itamar Crispim/Fiocruz/Divulgação)

O Brasil atingiu nesta terça-feira, dia 25, a menor taxa de mortes pela Covid-19 desde o dia 2 de junho. A média móvel ficou em 956 casos, um pouco superior à de 955,3, registrada há mais de dois meses.

Com a média móvel, utilizada por VEJA, é possível anular as variações diárias do registro feito pelos órgãos públicos de saúde. A conta é realizada a partir da soma do número de casos e mortes nos últimos sete dias, dividida por sete.

Nos últimos quatorze dias, apenas uma vez a média móvel superou a barreira de 1.000 mortos no país (no sábado, 22, quando chegou a 1.002,6), contrariando o que ocorrera em julho, quando a taxa foi superior a esse indicador durante quase todo o mês (ficou abaixo em apenas dois dias).

Ainda é cedo para dizer que a média abaixo de 1.000 indique uma queda no número de mortes, pois é preciso que a tendência continue a se confirmar nos próximos dias. Entretanto, há um forte indicativo de que o Brasil começa a se distanciar do último pico de mortes da média móvel, em 25 de julho, quando foram registrados 1.096,7 óbitos, segundo o levantamento de VEJA.

Fonte: Revista Veja


Leia mais

Leia também