Brasil alia crescimento da produção agropecuária à sustentabilidade ambiental, diz Ipea

Compartilhe

Ao longo dos anos, a produtividade agropecuária brasileira tem avançado aliada à sustentabilidade ambiental. Essa fórmula contribui para que o país se destaque como protagonista na construção da economia de baixo carbono. As constatações estão na publicação Indicadores de Produtividade e Sustentabilidade do Setor Agropecuário Brasileiro, divulgada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

“O Brasil se destaca como um dos líderes e protagonista na construção de uma economia de baixo carbono. Com base nos indicadores analisados, foi possível verificar a contribuição nacional e o esforço brasileiro na produção sustentável. Não há dúvida de que o Brasil é exemplo a se destacar no contexto internacional em termos da produção agropecuária com sustentabilidade produtiva”, registra o estudo do Ipea.

A economia de baixo carbono é um sistema que fomenta o uso racional de recursos naturais na busca de ter o menor impacto possível no meio ambiente, reduzindo ou eliminando a emissão de gases de efeito estufa. A redução das emissões desses gases está prevista em metas assumidas pelo Brasil em acordos internacionais.

De acordo com o estudo, o Brasil vem aumentando continuamente sua produtividade agropecuária e, ao mesmo tempo, conseguindo se destacar na economia de baixo carbono e preservar, em razão da melhoria dos índices de eficiência técnica produtiva no setor.

A produção agropecuária brasileira por unidade de emissão de gases efeito estufa também vem crescendo ao longo das últimas duas décadas, segundo o estudo. Ou seja, a produção aumenta ao passo que diminui a emissão de gás carbônico na atmosfera.

O texto cita ainda que o país é um dos poucos no mundo que implementaram regras mais rígidas no uso da terra e em áreas de preservação. “A legislação brasileira tem potencial de impulsionar o uso eficiente dos recursos produtivos e se tornar um instrumento efetivo na sustentabilidade ambiental”.

A publicação do Ipea registra que a expansão da área de produção agropecuária com tecnologias e práticas sustentáveis atingiu 154% da meta fixada no Plano Setorial de Mitigação e de Adaptação às Mudanças Climáticas para a Consolidação da Economia de Baixa Emissão de Carbono na Agricultura (Plano ABC). O Plano é uma política pública composta por programas com ações a serem realizadas para a adoção das tecnologias de produção sustentáveis. 

A meta de mitigação da emissão de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera, um dos causadores do efeito estufa, também foi superada e atingiu o equivalente a 113%.

As ações do Plano ABC envolvem a adoção de sistemas integrados de lavoura-pecuária-floresta, a incorporação do sistema de plantio direto, a fixação biológica de nitrogênio, a expansão da área de florestas plantadas, bem como o tratamento de dejetos animais.

Preservação de florestas

A publicação do Ipea traz outro dado que demostra o compromisso do país com o desenvolvimento sustentável. É o da preservação de florestas nativas. De acordo com o texto, o Brasil é o país que conseguiu preservar a maior extensão de matas nativas dentro de seu território, cerca de 57,2% ou praticamente toda a sua área destinada a florestas. No que se refere às florestas plantadas, o Brasil ainda contribui com 1,3% de seu território.

“Os números mostram que o Brasil, até o presente momento, tem preservado área substancial com matas nativas, mesmo com o forte crescimento agropecuário e, relativamente, com baixo uso de terras destinadas à produção agropecuária, seja com pastagens, seja com áreas agrícolas”, registra a publicação.

De acordo com o estudo do Ipea, em termos específicos, a recuperação de pastagens e o tratamento de dejetos animais são gargalos que ainda persistem na caminhada do Brasil para uma agricultura de baixo carbono.

A publicação do Ipea tem por objetivo fazer uma síntese do quadro produtivo do setor agropecuário brasileiro nos últimos 15 anos. O estudo é de autoria do pesquisador da Diretoria de Estudos e Políticas Regionais, Urbanas e Ambientais, José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho.

Confira a publicação Indicadores de Produtividade e Sustentabilidade do Setor Agropecuário Brasileiro aqui.

Brasil alia crescimento da produção agropecuária à sustentabilidade ambiental, diz Ipea

Estudo afirma que o país se destaca como um dos protagonistas na economia de baixo carbono

Leia também

Atlético-GO vence na Sul-Americana com gol de Jorginho

O Atlético-GO derrotou o Antofagasta (Chile) por 1 a 0, na noite desta terça-feira (17) no estádio Antônio...

Temperaturas sobem um pouco, mas frio permanece no fim de semana

A massa de ar frio que afeta o centro-sul do país continua influenciando hoje (20) o clima em...

Libertadores: Corinthians segura empate com o Boca na Bombonera

17Mesmo com um homem a menos, o Corinthians conseguiu segurar um empate de 1 a 1 com o...

Reajuste para servidor e agrado a policiais vão exigir bloqueio de R$ 15 bi

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O governo precisa bloquear cerca de R$ 15 bilhões no Orçamento deste ano para...

Adolescentes do Projeto Jovem do Futuro de Barra de São Francisco passam por avaliação médica

Os adolescentes que estão participando do Projeto Jovem do Futuro, implantado há dois meses, estão cada vez mais...

Corpo de idosa que sumiu após sair de missa é encontrado boiando em rio no Espírito Santo

Foi encontrado na tarde de sábado (21) em um rio em uma região de mata próximo ao limite...

Hortão em parceria com o Ifes completa 3 meses e já é modelo para outras cidades

107 quilos de quiabo (83 kg) e pepino (25 kg), oito caixas de folhas e cheiro verde, previsão...

Vila Pavão inicia a entrega dos alimentos do programa CDA

A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Assistência Social, começa nesta quarta-feira (18), a partir das 8...