Bolívia: Jeanine Áñez se escondeu dentro de cama box para tentar evitar prisão


Revista Fórum – Presa na madrugada deste sábado (13), acusada de crimes de sublevação, terrorismo e de ordenar ao Exército que cometesse os massacres de Senkata e Sacaba, que deixou um saldo de 36 mortos após o golpe contra Evo Morales, Jeanine Áñez se escondeu dentro de uma cama box para tentar evitar que policiais a levassem.

Ao chegarem à residência da ex-senadora, que se autoproclamou presidenta da Bolívia após o golpe, policiais não a encontraram e pensaram que ela havia fugido para o Brasil. Porém, ao vascular os cômodos, encontraram Jeanine dentro de uma cama box em um dos quartos. A ex-senadora foi presa na casa onde mora na cidade de Trinidad, a cerca de 600 quilômetros de La Paz. Ao menos dois outros ex-ministros do governo golpista foram presos, mas ainda não tiveram seus nomes divulgados até o momento.

Confira reações nas redes sociais:

 

 

 

(Foto: Reprodução)

Leia mais

Leia também