Bolinha decreta lockdown e toque de recolher em Vila Pavão

O prefeito de Vila Pavão, Uelikson Boone, o Bolinha, decretou lockdown no município, começando a valer a partir desta sexta-feira (26), até às 06 horas do dia 01 de abril. Com isso, todos os comércios, incluindo farmácias e supermercados, terão que fechar suas portas, que poderão funcionar com o serviço de delivery.

Os postos de combustíveis somente poderão realizar o abastecimento de carros oficiais nos horários de 07h às 08h, com a presença dos fiscais e apoio da Polícia Militar.

Toque de recolher

O Decreto Municipal nº 1.548/2021, que instituiu o lockdown na cidade, editado na tarde desta quinta-feira (25), impõe, ainda, toque de recolher em todo território do município no horário das 20h às 6h, enquanto durarem as medidas.

Dos serviços listados no documento, apenas a assistência à saúde, incluindo serviços médicos, hospitalares e odontológicos; assistência social e atendimento à população em situação de vulnerabilidade e serviços funerários poderão funcionar sem limitação.

Os demais serviços, atividades, comércios e estabelecimentos estão proibidos de funcionar, inclusive por meio do sistema de entregas (delivery).

Decisão difícil

O prefeito resolveu impor medidas mais drásticas em razão do aumento do número de casos de Covid-19, num contexto geral e de colapso de todo o sistema de saúde.

Antes de chegar a essa decisão, ele havia se reunido nos últimos dias com todos os setores da sociedade e Sala da Situação. Mais cedo, em uma ampla reunião com profissionais de saúde e sua equipe de governo, Bolinha disse que “medidas fortes como estas causam dor no coração. Sei que elas vão impactar toda a economia local, mas não podemos esquecer que a economia pode-se recuperar, vidas humanas, porém, não”, disse.

Live

Na tarde desta quinta, o prefeito, acompanhado da secretária de Saúde, Elaine Trancoso, do vice-prefeito, Tuíla, e de autoridades médicas, fez um pronunciamento pelas redes sociais, onde explicou detalhadamente as novas medidas adotadas.

Proximidade de cidade com altos índices de contaminação

O documento citou o drama de municípios vizinhos, especialmente, o caso de Barra de São Francisco, localizado há menos de 50 quilômetros de distância, considerado epicentro da variante inglesa da Covid-19, a B.1.1.7, detectada, também, em pacientes pavoenses.

A fiscalização ficará a cargo de uma comissão instituída pelo prefeito com apoio da Vigilância Sanitária, Defesa Civil e secretarias municipais. Além disso, o Poder Público Municipal requisitará ao 2º Batalhão da Polícia Militar, localizado em Nova Venécia, reforço para garantir o cumprimento das medidas decretadas.

Ficou determinado, também, que a comissão de fiscalização instituída irá desenvolver ações de conscientização, com abordagem às pessoas nas ruas, comércios, lojas e demais estabelecimentos para orientação e advertência.

Leia mais

Leia também