BOLETIM SALA DE SITUAÇÃO – 06/10/2021

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, liderou, nesta quarta-feira (06), uma reunião extraordinária da Sala de Situação de Emergência em Saúde Pública, por meio de videoconferência. Foi anunciada uma nova Matriz de Risco, com a inclusão da classificação de “Risco Muito Baixo”. A nova classificação será válida a partir do próximo dia 08 de novembro. 

CLIQUE AQUI E VEJA A APRESENTAÇÃO

Desta forma, o Governo do Estado reconhece que o avanço da vacinação contra o novo Coronavírus (Covid-19) em todo território capixaba, associada ao uso de máscaras e as estratégias de testagem em massa, permitirá inaugurar uma nova fase com a reabilitação plena das atividades econômicas e sociais, instituindo a nova classificação de risco – que será identificada pela cor azul. 

Para o Risco Muito Baixo considera-se a necessidade de alcançar uma cobertura vacinal da população entre 80% e 90%, desta forma, agrupados em microrregiões administrativas, os municípios que alcançarem 90% de cobertura dos adolescentes com D1; 90% de cobertura de reforços nos idosos e imunossuprimidos; 80% dos adultos com D2 serão reconhecidos como municípios nesta classificação de risco.  

Nesta fase, as medidas qualificadas aplicadas aos demais riscos (Baixo, Moderado, Alto e Extremo) serão extintas, não havendo restrições para atividades econômicas, sociais e culturais. Além disso, os municípios deverão permanecer com a recomendação do uso das máscaras e garantir ao menos um ponto de testagem no território a livre demanda para a população.  

Entre as definições para o Risco Muito Baixo, está a exigência da vacinação com duas doses ou dose única para diversas atividades como, por exemplo, a visitação às Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), presídios etc. As novas definições serão publicadas no Diário Oficial do Estado.

Comprovação da vacinação

Com os municípios capixabas atingindo as metas de coberturas vacinais estipuladas para a gestão de risco no Estado, será necessário a comprovação da vacinação contra a Covid-19 com duas doses ou dose única para atividades econômicas e culturais. A exemplo de eventos, shows, cerimoniais, independentemente da quantidade de participantes, a entrada será autorizada com a exigência do cartão de vacinação. Será vedada a participação em eventos culturais e econômicos de pessoas não vacinadas.

MUNICÍPIOS POR MICRORREGIÃO

1 – Metropolitana: Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Viana, Fundão, Guarapari

2 – Central-Serrana: Itaguaçu, Santa Teresa, Itarana, Santa Maria de Jetibá e Santa Leopoldina

3 – Sudeste Serrana: Laranja da Terra, Afonso Cláudio, Brejetuba, Venda Nova do Imigrante, Domingos Martins, Marechal Floriano e Conceição do Castelo

4 – Litoral Sul: Alfredo Chaves, Anchieta, Iconha, Piúma, Rio Novo do Sul, Itapemirim, Marataízes e Presidente Kennedy

5 – Central Sul: Castelo, Vargem Alta, Cachoeiro de Itapemirim, Muqui, Atílio Vivácqua, Mimoso do Sul, Jerônimo Monteiro e Apiacá

6 – Caparaó: Ibatiba, Irupi, Iuna, Muniz Freire, Ibitirama, Divino de São Lourenço, Guaçuí, Alegre, Dores do Rio Preto, Bom Jesus do Norte e São José do Calçado

7 – Rio Doce: Sooretama, Rio Bananal, Linhares, Aracruz, João Neiva e Ibiraçu

8 – Centro-Oeste: Alto Rio Novo, Pancas, São Gabriel da Palha, Vila Valério, São Domingos do Norte, Governador Lindenberg, Baixo Guandu, Colatina, Marilândia e São Roque do Canaã

9 – Nordeste: Mucurici, Montanha, Pedro Canário, Conceição da Barra, Pinheiros, Boa Esperança, São Mateus, Jaguaré e Ponto Belo

10 – Noroeste: Ecoporanga, Água Doce do Norte, Águia Branca, Barra de São Francisco, Vila Pavão, Nova Venécia e Mantenópolis