Biden faz apelo a republicanos por aumento de teto da dívida dos EUA


Sputnik – O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, exortou a que os senadores republicanos “saiam do caminho” e deixem os democratas suspenderem o limite da dívida nacional, com a expectativa de sair de um impasse que está sendo vivido pelo governo americano. 

O líder dos republicanos no Senado, Mitch McConnell, recusou a prestação de ajuda por parte de seu partido. 

A crítica de Biden, nesta segunda-feira (4), foi feita enquanto o Congresso está diante do prazo final de 18 de outubro para permitir mais empréstimos a fim de manter o governo operacional após ter acumulado um total da dívida pública de US$ 28,4 trilhões (R$ 155 trilhões). 

A Câmara aprovou uma medida para suspender o limite da dívida, mas McConnell está envolvendo os democratas no Senado em um processo complicado. 

Biden notou que o limite da dívida se aplica a empréstimos que já ocorreram, incluindo sob o ex-presidente Donald Trump, e disse que os republicanos estão prejudicando o país ao bloquear a medida. “Eles devem parar de jogar roleta russa com a economia americana”, disse ele na Casa Branca. “Os republicanos só têm de nos deixar fazer o nosso trabalho. Saiam do caminho. Se não querem ajudar a salvar o país, saiam do caminho para não o destruir.” Mas McConnell respondeu que os democratas devem lidar com o limite sozinhos, se seu partido quer governar sozinho.

Joe Biden

Joe Biden (Foto: Reuters/Leah Millis)