Biden anuncia que retirada militar dos EUA do Afeganistão vai terminar até 31 de agosto


Sputnik – Nesta quinta-feira (8), o presidente dos EUA, Joe Biden, anunciou que a missão militar norte-americana no Afeganistão ficará concluída em 31 de agosto, cerca de 20 anos após seu início.

Conforme seu discurso na Casa Branca, os militares dos EUA “atingiram” suas metas no solo afegão – eliminaram Osama bin Laden, enfraqueceram a Al-Qaeda e preveniram mais ataques aos Estados Unidos. 

“Estamos acabando com a guerra mais longa da América”, disse. Perguntado se a conquista do poder pelo Talibã no Afeganistão era “inevitável”, o presidente disse: “Não, não é.” 

Biden também pediu para continuar apoiando o governo e as forças de segurança do Afeganistão, acrescentando que milhares de intérpretes afegãos que trabalham para as forças dos EUA e enfrentam ameaças do Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) podem encontrar refúgio nos EUA. 

Ao mesmo tempo, o presidente refutou a comparações desta missão com a experiência americana no Vietnã. “O Talibã não é o Exército do Vietnã do Norte” em termos de suas capacidades, apontou Biden.

Joe Biden

Joe Biden (Foto: Brian Snyder / Reuters)

Leia mais

Leia também