Bélgica proíbe a entrada de viajantes de Brasil, Índia e África do Sul devido ao avanço da Covid-19


Sputnik – Nesta terça-feira (27), a Bélgica anunciou a proibição da entrada de viajantes vindos do Brasil, da Índia e da África do Sul, países que sofrem com o avanço do número de casos de COVID-19 e novas variantes do coronavírus.

“As viagens de passageiros de avião, trem, barco, ônibus e carro, da Índia, do Brasil e da África do Sul para a Bélgica serão proibidas”, informou o primeiro-ministro belga, Alexander De Croo, em um comunicado, conforme publicado pela AFP.

Segundo ele, pessoas com nacionalidade belga ou que tenham sua residência principal no país continuam com a permissão para retornar. Porém, De Croo reforçou que todos “são fortemente aconselhados a não viajar para esses países”.

O primeiro-ministro explicou que as viagens essenciais, de diplomatas e de serviços de transporte, também estão mantidas.

Na semana passada, o país identificou cerca de 20 estudantes da Índia que testaram positivo para uma variante indiana da COVID-19. Eles haviam chegado em meados de abril, todos em um mesmo ônibus vindo da França, após pousarem no Aeroporto Charles de Gaulle, em Paris.

De acordo com as autoridades de Saúde da Bélgica, a variante britânica do coronavírus é, atualmente, a mais difundida no país, correspondendo a quase 86% dos casos.

Já a cepa brasileira foi detectada em 4,9% dos casos. A sul-africana representa 3,7% das infecções.

(Foto: Reuters)

Leia mais

Leia também