Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) e Secretaria de Meio Ambiente realizam nova fase da “Operação Curupira”.

Compartilhe

 

Nesta sexta-feira (20), deflagrou-se uma nova fase da Operação “Curupira” na região das Montanhas Capixabas. A Operação tem o propósito de inibir o desmatamento ilegal, o loteamento irregular de solo e agressões ao meio ambiente que vem acontecendo desenfreadamente na região de Marechal Floriano.

A ação conjunta do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) e Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recurso Hídrico de Marechal Floriano (SEMEARH) ocorreu nas localidades de Alto Santa Maria, Rio Fundo e Batatal.
A operação identificou em Alto Santa Maria a construção de 5 platôs sem autorização dos órgãos ambientais e abertura de estrada em Área de Preservação Permanente (APP). Constatado o crime, foi confeccionado um boletim criminal e encaminhado à Polícia Civil para que sejam tomadas a medidas cabíveis.

A fiscalização realizada em Batatal e Rio Fundo teve por objetivo verificar propriedades que já haviam cometido crimes ambientais e haviam sido embargadas pela secretaria municipal de Marechal Floriano. Em Batatal foi constatado o descumprimento do embargo e a reincidência de crimes. Já em Rio Fundo também foi identificado o descumprimento do embargo, além da realização de aterro em Área de Preservação Permanente (APP). Em ambas as localidades foi registrado boletim criminal que serão encaminhadas para as autoridades competentes tomarem as atitudes cabíveis quanto ao ocorrido.

Estiveram presentes na ação o Comandante do Comando de Operações Táticas em Mata Atlântica (COTAMA), 2° Tenente Luciano Baleeiro Pereira; policiais ambientais do Destacamento de Polícia Ambiental de Domingos Martins e servidores da Secretaria de Meio Ambiente de Marechal Floriano. No total, 12 policiais participaram da operação.

O Comandante do Destacamento da Polícia Ambiental de Domingos Martins, Sub Tenente Ricardo Antônio de Freitas, ressalta a importância da operação realizada e a participação da comunidade nas denúncias: “Nosso objetivo é proteger a Mata Atlântica presente na nossa região, para isso precisamos da participação da população nas denúncias via 181. Essa é uma parte da operação, que teve início semana passada em Domingos Martins e essa semana já ocorreu também em Santa Teresa. Vamos continuar fiscalizando diferentes áreas das montanhas capixabas em parceria com os demais órgãos ambientais”, destacou o Sub Tenente.

O Batalhão de Polícia Militar Ambiental continuará intensificando a fiscalização, de modo a contribuir para um meio ambiente ecologicamente equilibrado e no bem estar das gerações de hoje e do futuro. O cidadão pode realizar a denúncia anônima de crimes ambientais através do número 181, ou pelo site (https:/disquedenuncia181.es.gov.br). 

 

 

 

Leia também

Bandidos furtam 200 Kg de pimenta-do-reino em Nova Venécia

Uma propriedade teve 200 quilos de pimenta-do-reino furtados durante a tarde desta quarta-feira (29), no interior de Nova...

VAR será utilizado pela primeira vez no futebol capixaba, na final da Copa ES

  Além da briga pelo título e pela vaga na Copa do Brasil 2023, a final da Copa Espírito...

Secretaria de Meio Ambiente de Barra de São Francisco celebra seus 33 anos

Em 1988, logo quando o atual prefeito Enivaldo dos Anjos foi eleito prefeito de Barra de São Francisco,...

Estados aprovam convênio e aplicam média que reduz preço do diesel

Os Estados da Federação aprovaram, nesta quinta-feira (30), o convênio que regulamenta a Lei Complementar 192/2022 e aplica...

Tradicional procissão marítima de São Pedro volta a ser realizada em Vitória

A 94ª edição da procissão marítima de São Pedro, em homenagem ao santo padroeiro dos pescadores, foi realizada...

Vai à capital? navios da Marinha serão abertos para visitação pública

O Porto de Vitória terá visitação pública e gratuita a navios da Marinha no sábado (2) e no...