Barra de São Francisco quer ter a chance de estar junto das grandes bandas marciais do Estado e do Brasil

Nesta sexta-feira, o Maestro Rodrigo David aceitou o convite feito pela secretária Israelle Cândido, para assumir o cargo de maestro da Secretaria de Cultura e Turismo de Barra de São Francisco.

“É uma grande vitória podermos contratar um músico como o Maestro Rodrigo. Tive a alegria de trabalhar com ele em inúmeras parcerias ao longo da minha carreira como musicista e educadora musical. Conheço da competência dele de perto”, disse Israelle.

Barra de São Francisco é grandiosa! E por isso, o objetivo é que ela esteja junto das grandes bandas marciais da nossa região, do Estado e do Brasil! Com o Rodrigo, não tenho dúvidas que conseguiremos atingir esse objetivo”, afirmou.

Rodrigo David atuou como Maestro em Ecoporanga, foi professor de música no Espaço da Alegria e sempre foi inovador nas suas performances e projetos.

O maestro não escondeu a felicidade em poder atuar em Barra de São Francisco. “Não tenho palavras para descrever a felicidade de poder exercer a função de maestro na minha casa. Sou filho dessa terra e tenho orgulho de dizer que sou músico francisquense nascido, criado e estou me graduando em música sem precisar ter ido embora daqui. Poder trabalhar com a Israelle na posição de secretária da Cultura é uma realidade que não tinha passado pela minha cabeça. O convite foi uma bela surpresa,” garantiu o maestro.

A bagagem que ela traz como professora de educação musical e artista nas condições de Secretária é muito importante para a nossa classe. Ela sabe melhor do que muitos o que é estar do lado de cá e agora estando do outro lado, como agente da Cultura, tenho certeza que saberá gerir e dar o apoio necessário. E não estou falando de apoiar apenas a classe musical, mas as artes como um todo dentro no município. Eu acredito nisso e a meu ver foi uma das belas escolhas feitas pelo nosso prefeito”, disse Rodrigo.

Ele falou ainda dá importância da cidade no cenário cultural. “Barra de São Francisco precisa retomar sua identidade. Sempre foi muito poderosa quando tratamos dos desfiles cívicos e outras atividades que englobam a nossa história. A Banda marcial sempre foi cultural em Barra de São Francisco e é um trabalho que precisa ser literalmente resgatado e levado com orgulho aos munícipes. Não só no 7 de setembro, mas em muitas outras ocasiões, portanto a intenção é participar de todas as programações culturais possíveis com a banda, proporcionando apresentações com muita música e toda versatilidade que uma banda marcial pode oferecer com performance e repertório.

Precisamos estruturá-la com todo o requinte da nossa competência. Estou falando de instrumentos de percussão, sopro e fardamento apropriado. Bem do jeito que uma banda elite merece. Trabalhar com a banda marcial municipal é uma vontade que tenho a muito tempo. Colocar Barra de São Francisco no mapa das bandas da nossa região, do Estado e no Brasil também.”

Espero que eu consiga retribuir com meu trabalho e amor pela música tudo que eu conquistei aqui como cidadão francisquense e como profissional, atendendo os anseios e necessidades da minha tão querida Barra de São Francisco. Eu assumo o compromisso de usar meu conhecimento a favor do melhor pra todos e agradecido desde já por essa maravilhosa oportunidade. Obrigado secretária Israelle e prefeito Enivaldo por depositar essa confiança no meu trabalho”, finalizou Rodrigo.

Leia mais

Leia também