Barra de São Francisco estabelece novas regras para funcionamento do comércio

Encerrou há pouco, nesta segunda-feira (25), no Auditório da Secretaria Municipal de Educação (SEMEC), a II Reunião do Gabinete de Crise para enfrentamento a Covid-19 em Barra de São Francisco. O primeiro encontro foi realizado na segunda passada – dia 18 -, e acontecem em atendimento à solicitação do prefeito Alencar Marim.

O Gabinete de Crise Ampliado conta com a presença de representantes da Prefeitura e da Câmara, do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar, da Paróquia São Francisco de Assis, das Igrejas Evangélicas, do Hospital Estadual Dr. Alceu Melgaço Filho, da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) entre outros órgãos da sociedade civil. O próximo encontro para nova avaliação local está marcado para a próxima segunda (1º).

Por enquanto, o comércio permanece como está. A partir das 18h só é permitido atendimentos por meio de Delivery (entrega em domicílio). Nesta segunda-feira (25), fiscais da prefeitura iniciaram a fixação de cartazes nos estabelecimentos comerciais contendo informações de suma importância regulamentadas através de decreto. Nesse cartaz, além das orientações de higienização, também constará a quantidade de pessoas permitida por vez dentro do estabelecimento comercial conforme o espaço disponível. O recomendado é 1 (Um) cliente para cada 10m² (Dez Metros Quadrados). As barreiras sanitárias também seguem intensificadas no município.

Desde sábado e domingo passado – dia (23 e 24), a Unidade Referência para atendimento aos casos suspeitos de covid-19 (sintoma gripal), que fica ao lado da Unidade de Saúde Alvino Campos, no Centro, deu início aos plantões de fim de semana, atendendo das 8h às 16h. Esse horário poderá ser ampliado de acordo com a demanda. Segundo informou o Secretário Municipal de Saúde, Rafael Tartaglias Partelli, 24 atendimentos foram feitos entre sábado e domingo.

A população também precisa se conscientizar e só sair de casa se tiver extrema necessidade. O momento é de isolamento social, porém, uma vez que a pandemia não encerra por agora, conforme previsões já apresentadas por especialistas, decretar lockdown (bloqueio total) poderá abrir portas para o surgimento de novos problemas, agravando ainda mais as condições do atual momento em que vivemos.

COVID-19: PREFEITO DE BARRA DE SÃO FRANCISCO DECRETA ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA NO MUNICÍPIO

Em virtude da pandemia do novo coronavírus (covid-19), o prefeito de Barra de São Francisco, Alencar Marim, através do Decreto de nº 138 – de 21 de maio deste ano (2020), DECRETA Estado de Calamidade Pública no município e dá outras providências.

Veja aqui o decreto

Leia mais

Leia também