Barra de São Francisco e outras cidades do ES continuam em sinal de alerta para fortes chuvas • SiteBarra

Barra de São Francisco e outras cidades do ES continuam em sinal de alerta para fortes chuvas

 

No bairro das Laranjeiras, na Serra, a água invadiu casas

No bairro das Laranjeiras, na Serra, a água invadiu casas

Um novo alerta para chuvas fortes e ventos que podem chegar aos 100 km/h foi emitido pelo Instituto Nacional de Metereologia (Inmet) para 48 cidades do Espírito Santo.

O aviso de cor laranja, o segundo na escala de maior risco, é válido até esta quarta-feira. Confira a lista de cidades em alerta:

  1. Água Doce do Norte
  2. Águia Branca
  3. Alto Rio Novo
  4. Aracruz
  5. Baixo Guandu
  6. Barra de São Francisco
  7. Boa Esperança
  8. Brejetuba
  9. Colatina
  10. Conceição da Barra
  11. Conceição do Castelo
  12. Domingos Martins
  13. Ecoporanga
  14. Fundão
  15. Governador Lindenberg
  16. Ibatiba
  17. Ibiraçu
  18. Irupi
  19. Itaguaçu
  20. Itarana
  21. Iúna
  22. Jaguaré
  23. João Neiva
  24. Laranja da Terra
  25. Linhares
  26. Mantenópolis
  27. Marilândia
  28. Montanha
  29. Mucurici
  30. Muniz Freire
  31. Nova Venécia
  32. Pancas
  33. Pedro Canário
  34. Pinheiros
  35. Ponto Belo
  36. Rio Bananal
  37. Santa Leopoldina
  38. Santa Maria de Jetibá
  39. Santa Teresa
  40. São Domingos do Norte
  41. São Gabriel da Palha
  42. São Mateus
  43. São Roque do Canaã
  44. Serra
  45. Sooretama
  46. Venda Nova do Imigrante
  47. Vila Pavão
  48. Vila Valério

De acordo com o novo boletim da Defesa Civil Estadual, divulgado no final da tarde desta terça-feira (2), ao todo, 21 pessoas estão desalojadas no estado em função das chuvas. Desse total, 20 estão na cidade de Santa Maria de Jetibá, na Região Serrana do Espírito Santo, onde a água invadiu casas e comércios no centro da cidade. A tempestade também derrubou árvores e postes.

Neste momento, a Defesa Civil estadual possui 30 alertas para riscos de chuva forte e de deslizamentos em cidades da Região Metropolitana e também do interior do estado, tais como Cariacica, Vila Velha, Viana, Serra, Aracruz, Vitória, Fundão, Aracruz e Ibiraçu. Oito desses alertas são considerados de risco alto, enquanto os demais 22 são de risco moderado.

As fortes chuvas que atingiram o Espírito Santo entre a noite desta segunda-feira (1º) e a madrugada desta terça-feira (2) deixaram vários pontos de alagamento em cidades do estado.

De acordo com o Boletim da Defesa Civil, atualizado às 6h desta terça, o estado está em alerta máximo de risco para o acumulado de chuva.

Nas últimas 24 horas, a cidade da Serra, na Grande Vitória, foi a que registrou o maior acumulado de chuva, com 159 mm. No município, foram registrados pontos de alagamento em Civit II, no Bairro das Laranjeiras e Jardim Atlântico. A água chegou a entrar em algumas casas.

Em Vitória, a água tomou parte da avenida Cezar Hilal e chegou a invadir a praça Doutor Demócrito Freitas, na Praia do Suá. Por causa dessa tempestade, várias ruas de Jardim da Penha, Mata da Praia e Praia do Canto ficaram sem energia por mais de duas horas.

Tempestade deixa bairros sem luz em Vitória — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Tempestade deixa bairros sem luz em Vitória — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Em Vila Velha, na rua Dr. Jairo de Matos Pereira, na Praia da Costa, muitos carros nem conseguiam atravessar nesse trecho, que dá acesso à subida da Terceira Ponte.

Em Santa Maria de Jetibá, na região Serrana do estado, as ruas do centro ficaram tomadas pela água, que invadiu casas e comércios. Vinte pessoas estão fora de casa no município.

No Norte do Espírito Santo, há registro de alagamento no bairro Riacho. Várias casas foram invadidas pela água e moradores relataram que perderam móveis e eletrodomésticos. Segundo relato de proprietários dos imóveis, o problema começou no bairro há dois anos, quando asfaltaram a via.

Aracruz, no Norte do ES, tem registro de alagamento — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Aracruz, no Norte do ES, tem registro de alagamento — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Já em Barra de São Francisco, o deslizamento de uma encosta destruiu uma casa. Os moradores não se feriram e estão na casa de familiares.

Em Itarana, deslizamentos de terra interditaram trechos de rodovias que ligam o município à Itaguaçu e Santa Teresa. A Prefeitura já enviou máquinas ao local para fazer a limpeza da pista.

Itarana, no ES, tem registro de deslizamento de terra — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Itarana, no ES, tem registro de deslizamento de terra — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Essas chuvas, segundo o Instituto Climatempo, foram provocadas pela atuação de um ciclone subtropical que se formou na costa da região Sudeste. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta para o risco de chuvas fortes em 76 municípios do estado, que vale até esta terça-feira.