Barra de São Francisco confirma 9º caso de Coronavírus; veja números do ES, Brasil e Mundo

Foi confirmado em Barra de São Francisco nesta sexta-feira, 08/05/2020, mais um caso de Coronavírus.

Agora são 9 casos confirmados. Uma senhora morreu após testar positivo, veja aqui.

Um dos casos gerou grande repercussão na cidade, onde uma mulher relatou descaso da equipe de saúde do município com seu esposo. No áudio ela conta a luta até conseguir o exame e depois da confirmação a dificuldade que enfrentou. Ao final ela chorou contando como foi a internação dele. Veja aqui

Veja aqui cada caso de Coronavírus em Barra de São Francisco

Veja aqui outros casos de Coronavírus em Barra de São Francisco e região

A Vigilância em Saúde não descarta outros casos na cidade, veja aqui.

Um dos casos confirmados foi o conhecido Mazinho do Hospital. Ele veio a público e falou sobre seu estado de saúde, veja aqui.

Outro caso confirmado foi o assessor do vereador Rafael da Saúde, veja aqui.

Mazinho e Éder tomaram iniciativa de divulgar que testaram positivo e foram elogiados pela população francisquense pela transparência. Eles estão em isolamento residencial.

Nos casos em que o paciente resolve não divulgar o teste, os dados pessoais dos são invioláveis de acordo com a Constituição Federal, estando protegidos por sigilo pela Lei 13.709/2018 (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais), sendo vedada inclusive a divulgação de bairros em que se localiza a residência dos casos suspeitos ou confirmados. A violação destes direitos está sujeita a responsabilização administrativa, cível e criminal.

Um boato sobre o prefeito Alencar Marim também circulou nos grupos de WhatsApp, afirmando que ele estaria com Coronavírus. A informação foi desmentida pela assessoria do prefeito, veja aqui.

O comércio voltou a funcionar na semana anterior, e várias pessoas foram para as ruas. Após a confirmação, a maioria passou a usar máscara.

Outra observação é a grande quantidade de pessoas nos bancos da cidade e casas lotéricas, e que é pior é a aglomeração de pessoas. A polícia militar tem feito alerta, bem como o Corpo de Bombeiros e Defesa Civil.

Barreiras sanitárias foram criadas para controlar a entrada de infectados pelo novo coronavírus.

Leia mais

Leia também