Barra de São Francisco atinge números históricos na Segurança Pública

BARRA DE SÃO FRANCISCO ATINGE NÚMEROS HISTÓRICOS NA SEGURANÇA PÚBLICA NO ANO DE 2020.

HOMICÍDIOS.

O ano de 2020 representou para o município francisquense um dos anos mais seguros de sua história recente. Dados levantados pela AISP 11 junto ao Mapa da Violência do Fórum Brasileiro da Segurança Pública (FBSP) e dados do Observatório de Segurança da Secretaria de Segurança Pública do Espírito Santo (SESP) apontaram que no ano passado foram registrados 07 homicídios. Desde 2002 este é o segundo melhor ano, perdendo apenas para o ano de 2015 quando foram registrados 06.

Em relação ao ano de 2019, houve uma redução de 46%, quando foram registrados 13 homícidios e 42% de redução nas tentativas. 2020 é também o segundo ano consecutivo de queda.

A linha histórica de homicídios apresenta um significativo número de mortes relacionadas ao tráfico de drogas e crimes de mando entre os anos de 2006 e 2012, quando houveram picos de 33 e 34 homicídios, colocando o município de Barra de São Francisco entre as cidades mais violentas do Brasil.

É importante frisar que a dinâmica de homicídios no ano 2020 representou uma reviravolta. Enquanto 2019 apresentou uma predominância de crimes com relação ao tráfico de drogas, 11 dos 13, o ano de 2020 registrou apenas 01 homicídio do total de 07, sendo os outros 6 relativos a crimes com motivação banal.

Nas palavras do comandante do 11º BPM, Tenente Coronel Rômulo Souza Dias, tal resultado só foi obtido através de uma forte atuação integrada das polícias militar e civil e de ações focadas em parceria com o judiciário local e a prefeitura.

“As reuniões da Área Integrada de Segurança Pública 11, se tornaram um fórum consultivo e deliberativo que direcionavam as ações para os principais problemas. Desta forma conseguimos realizar importantes prisões de criminosos e apreensão de significativa quantidade de drogas,” complementou o comandante do batalhão.






Leia mais

Leia também