Banco tem recursos para empresas afetadas economicamente com o Covid-19

O Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) adotou medidas econômicas para minimizar o impacto na região causado pelo novo Coronavírus. A instituição irá disponibilizar recursos de uma linha de crédito emergencial com o objetivo de assegurar a manutenção dos negócios. Outra ação, adotada pelo Bandes para seus clientes com contratos em dia, é a opção de reparcelamento de contratos vigentes.

O diretor-presidente do Bandes, Maurício Cézar Duque, destaca que as ações do banco fazem parte das iniciativas de recuperação econômica e estímulo às atividades produtivas adotadas pelo Governo do Espírito Santo.

“O Bandes é parceiro dos empreendedores e empresários capixabas em todos os momentos. Estas medidas adotadas pela instituição visam contribuir com a manutenção da capacidade financeira dos estabelecimentos atingidos e disponibilizar recursos para que estes negócios impactados possam se reorganizar até que o pico da pandemia seja superado. Importante destacar que o banco permanece atento às demandas sociais dos capixabas e em constante diálogo para atender às necessidades dos empreendedores de forma ágil, flexível e alinhada com as políticas de Governo”, afirma Duque.

Os recursos atendem a negócios em setores impactados de imediato com o isolamento e menor circulação de pessoas, principalmente nos setores de comércio e de serviços. Outros segmentos poderão ser incluídos com o desenrolar do cenário de crise.

O atendimento aos empresários interessados será feito de forma conjunta por um comitê, com analistas do Bandes, em conjunto com o Banestes. A medida possibilitará maior agilidade e flexibilidade para o atendimento. Tradicionalmente, os dois bancos públicos estaduais disponibilizam recursos financeiros por meio de suas linhas de crédito orientado para que as empresas ganhem ‘folego’ para enfrentar adversidades econômicas, ambientais e sociais.

Os recursos atendem a negócios em setores impactados de imediato com o isolamento e menor circulação de pessoas.

A medida visa contribuir com a manutenção da capacidade financeira dos estabelecimentos atingidos e aliviar as contas até que o pico da pandemia seja superado. A linha de crédito emergencial oferece capital de giro e recursos financeiros essenciais para a manutenção das atividades das empresas. As condições das linhas de crédito variam de acordo com o tamanho e o faturamento das empresas.

O empresário terá à disposição atendimento personalizado da equipe do banco, podendo tirar dúvidas sobre a contratação dos recursos pela central de atendimento do Bandes no telefone 0800 283 4202 ou pela rede de agências e SAC Banestes (0800 727 0474).

Linha de Crédito Emergencial Bandes/Banestes
Direcionada às empresas de segmentos que sofreram perdas em decorrência da pandemia do Covid-19.

Condições operacionais:
• Valor do financiamento: conforme capacidade de contratação da empresa
• Taxa: a partir de 0,32% + CDI ao mês
• Carência: até 6 meses
• Prazo de pagamento: até 48 meses

Leia mais

Leia também