Morre aos 63 anos o bancário veneciano Joaquim Batista Corona

O bancário veneciano, Joaquim Batista Corona, 63 anos, morreu no início da tarde desta terça-feira, na Grande Vitória.

Joaquim trabalhou durante vários anos na agência do Banestes, de Nova Venécia, e ultimamente, atuava na agência de Porto Canoas na região Metropolitana de Vitória.

Na última sexta-feira, o bancário veneciano fazia alguns reparos na garagem de sua residência, quando se desequilibrou e caiu de uma escada. Ele foi encaminhado ao hospital mas não resistiu aos ferimentos vindo a óbito na tarde desta terça-feira.

O corpo de Joaquim Batista Corona deve chegar em Nova Venécia na madrugada desta quarta-feira e será velado na Capela Mortuária. O sepultamento acontecerá nesta quarta-feira, no cemitério São Marcos.

Com informações de Daniel Ferrari, redenoticiaes

Leia mais

Leia também