Avanço de massa de ar polar provoca frio intenso e possibilidade de neve na região Sul, prevê Inmet

A chegada de uma forte massa de ar frio, de origem polar, ao Sul do país vai favorecer uma queda brusca nas temperaturas a partir desta quarta-feira (19). As geadas generalizadas podem ocorrer já na madrugada de quinta-feira (20) no sul e na fronteira oeste do Rio Grande do Sul. 

Com umidade remanescente e o frio intenso, há possibilidade de neve na região serrana gaúcha, no oeste, sul, meio-oeste e Planalto Norte de Santa Catarina, e em áreas do sul e sudoeste paranaense. A possibilidade de neve está prevista para o fim da quinta-feira, na sexta-feira e no sábado. As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia, o Inmet. 

Frente fria em agosto deve trazer neve a região Sul

O frio incomum para o mês de agosto vai se espalhar por mais regiões do país. Na sexta-feira, a massa de ar polar avança sobre Mato Grosso do Sul. Há expectativa de declínio acentuado na marcação dos termômetros em São Paulo, Rio de Janeiro, sul de Minas Gerais, Mato Grosso, sul de Goiás, Rondônia, Acre e sul do Amazonas. 

O Inmet também alerta que novos temporais podem atingir o estado de Santa Catarina nos próximos dias, especialmente nesta terça-feira. As condições atmosféricas favorecem os temporais, com chuvas intensas, rajadas de ventos e queda de granizo entre o sul do Mato Grosso do Sul, sul de São Paulo, Paraná e Santa Catarina. 

Agência Brasil

Leia mais

Ministério da Ciência e Tecnologia atua no combate à Covid-19

Brasil trabalha no estudo de vacina e tecnologia contra o novo coronavírus Foto: MCTI O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) tem atuado em...

Morte do cantor Gabriel Diniz completa um ano nesta quarta-feira e missa virtual será realizada

O cantor Gabriel Diniz morreu no auge da sua carreira, aos 28 anos, quando o hit...

Nova Venécia implanta mais duas barreiras sanitárias

A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da...

FPM: Segundo decêndio de julho cairá nas contas das prefeituras com queda de 28,52%

O segundo decêndio de julho referente ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM) sofreu uma queda e o valor que cairá nas contas das...

Leia também