Avança a proposta que estabelece plano de carreira e maior salário para professores capixabas

Por unanimidade, a Comissão de Justiça da Assembleia Legislativa (Ales) derrubou o despacho denegatório da Mesa Diretora da Casa à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 26/2019, do deputado estadual Sergio Majeski (PSB), que estabelece um plano de carreira para o magistério que equipare a remuneração média dos profissionais da educação da rede pública com curso superior à média dos vencimentos de profissionais com graduação equivalente.

A decisão fortalece a proposta de Majeski de incluir a obrigatoriedade na Constituição do Espírito Santo, para garantir transparência na progressão dos vencimentos dos profissionais da rede pública de ensino e aumento da remuneração.

Caso a proposta de Majeski já estivesse em vigor e tomando como referência um estudo nacional do Movimento Todos pela Educação, o salário dos professores com curso superior poderia ser de aproximadamente R$ 5,1 mil.

“Nossa intenção é garantir a tão sonhada valorização e incluir a obrigatoriedade na Constituição será um avanço. O aumento da remuneração e da qualificação dos profissionais da educação é um investimento essencial, que certamente trará ótimos resultados para toda a sociedade. Essa é mais uma contribuição para fortalecer a educação pública capixaba. Os planos de educação estão vigentes há anos, mas infelizmente não são observadas movimentações nos governos federal, estadual e municipais para cumpri-los”, destaca Majeski.

A PEC 26/2019 tem como objetivo tornar permanente o que detalham as metas 17 dos Planos Nacional (PNE – 2014/2024) e Estadual de Educação (PEE – 2015/2025). O texto, de mesma redação em ambos os planos, objetiva “Valorizar os(as) profissionais do magistério das redes públicas de educação básica de forma a equiparar seu rendimento médio ao dos(as) demais profissionais com escolaridade equivalente”, até o final do ano de 2020.

De acordo com os dados disponibilizados pelo Instituto Jones dos Santos Neves, no ano de 2017, a razão entre a remuneração dos professores da educação básica e os demais profissionais com a mesma escolaridade trabalhando no Espírito Santo foi de 53,9%.

Já no Brasil, o levantamento do Movimento Todos pela Educação revela que a remuneração média dos profissionais da educação básica da rede pública em 2019 foi de R$ 3 mil, enquanto a média de rendimento dos demais profissionais com curso superior foi de R$ 5,1 mil.

Leia mais

Cloroquina deve ser retirada de tratamentos contra a covid-19, afirma Sociedade de Infectologia

A Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) divulgou uma...

Ministério da Cidadania estabelece melhorias na execução do Programa Cisternas

Foi publicada, na última semana (14), uma portaria para tratar dos instrumentos jurídicos necessários para a execução do Programa Cisternas. O texto, assinado pelo...

O TEMPO E A TEMPERATURA: Sudeste do país tem tempo aberto, nesta sexta-feira (25)

O tempo firme volta a predominar sobre a região Sudeste do país, nesta sexta-feira (25). A chuva, fraca e com baixos acumulados, fica restrita...

Homem é detido após tentar agredir motorista de ônibus com faca em São Gabriel da Palha

Foto ilustrativaNa tarde desta segunda-feira (18), Militares da...

Leia também

Sobrinho de Pablo Escobar encontra US$ 18 milhões em parede de apartamento

Cinco anos depois de se mudar para um apartamento em Medellín (Colômbia) deixado por seu tio, o narcotraficante Pablo Escobar, Nicolás Escobar achou milhões de...

Norte do ES: criança de 6 anos morre depois de ser espancada

Uma criança de 6 anos morreu, nesta sexta-feira (25), depois de ser espancada. O menino estava internado em coma na Unidade de Terapia Intensiva...

Espírito Santo segue com quatro cidades aptas a ter segundo turno nas eleições de 2020

  O Espírito Santo tem quatro cidades com mais de 200 mil eleitores, de acordo com os dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para...

ES: carro é roubado e bandidos ligam para o dono pedindo dinheiro para devolver veículo

  Bandidos roubaram o carro de um aposentado nesta quinta-feira (24) e depois ligaram para o celular dele fazendo ameaças e pedindo dinheiro para devolver...