Auxílio emergencial: fiscalização de combate ao recebimento ilegal é ampliada

O Ministério da Cidadania e a Receita Federal assinaram hoje (9) um acordo para ampliar a fiscalização de combate ao recebimento ilegal do auxílio emergencial de R$ 600 pago pelo governo federal durante o enfrentamento da pandemia da covid-19. A partir de agora, o processo de checagem para saber se o cidadão tem direito ao benefício também levará em conta o cruzamento de dados com a declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) de 2019.

Segundo a pasta, até a semana passada, o governo federal conseguiu recuperar R$ 57,5 milhões que foram recebidos por pessoas que não se encaixam nos critérios estabelecidos. Os dados também mostram que dos 65,4 milhões de beneficiados pelo programa, apenas 0,44% não poderiam ter recebido o auxílio.

De acordo com o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, o acordo vai permitir um suporte extra para aplicação efetiva dos recursos públicos destinados ao pagamento das parcelas do auxílio.

“Nós temos índices muito positivos em todas as medições feitas, quer seja pela CGU [Controladoria-Geral da União], quer pelo Tribunal de Contas da União, quer pelo acompanhamento que a Receita Federal tem feito. Já chegamos a 125 milhões de pessoas que, direta ou indiretamente, estão beneficiadas pelo auxílio emergencial”, afirmou.

No Portal da Transparência é possível verificar quem recebeu o auxílio e denunciar o recebimento indevido. A pesquisa pode ser feita por nome, CPF (Cadastro de Pessoa Física), localidade e mês de pagamento.

Também foi criado um site para o cidadão devolver o auxílio recebido irregularmente. Segundo o ministério da Cidadania, até o dia 3 de junho, 64 mil pessoas emitiram Guias de Recolhimento da União (GRU) para devolução dos valores.

FONTE: Agência Brasil 

Auxílio de R$600: próximos pagamentos serão automáticos para quem já tem o benefício

Câmara aprova projeto que impede bloqueio do auxílio emergencial

Auxílio emergencial: fiscalização de combate ao recebimento ilegal é ampliada

 

Leia mais

Capes lança programa de desenvolvimento que vai oferecer 1.800 bolsas de pós-graduação

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) vai oferecer 1.800 bolsas de pós-graduação para formação de recursos humanos e desenvolvimento científico,...

Banco Central alerta contra fraudes digitais durante pandemia

Banco Central alerta contra fraudes digitais durante pandemia – Foto: Governo do...

Mais de R$ 65 milhões foram liberados para proprietários de pequenos negócios

Os donos de pequenos negócios já tiveram acesso,...

Sedu inicia ‘Encontro de Diretores da Rede Estadual’ de 2020 na próxima segunda-feira (16)

A Secretaria da Educação (Sedu) inicia, na próxima semana, o primeiro ciclo de 2020 do “Encontro...

Leia também

Homem é assassinado a tiros no interior de Vila Pavão

Imagem ilustrativa Um homem de 32 anos foi assassinado a tiros na noite de ontem, no Córrego da Puaia, na zona rural de Vila Pavão. Segundo...

Enivaldo anuncia duplicação do polo industrial para atrair empregos

Já falando como candidato, um dia depois de...

Fome aumenta no Espírito Santo e atinge 425 mil lares, aponta IBGE

  A fome atinge três a cada dez lares do Espírito Santo. Ao todo, são 425 mil domicílios do estado estão em situação de insegurança...

Polícia apreende drogas dentro de uma viatura em Vitória

Uma viatura da Polícia Militar do Espírito Santo foi encontrada com drogas dentro em uma oficina mecânica na Avenida Marechal Campos, em Vitória. De...