Auxílio Emergencial chega a 80% dos lares mais pobres do País

Auxílio Emergencial chega a 80% dos lares mais pobres do país

O Governo Federal deve investir cerca de R$ 200 bilhões até o fim do Auxílio Emergencial. Foto: Mauro Vieira

Os resultados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Covid-19, divulgados nesta quinta-feira (23), revelam que o Auxílio Emergencial chegou a 80,1% dos domicílios mais pobres e a 85,2% daqueles com renda domiciliar per capita de até R$ 242,15. Considerando todas as faixas, o valor médio do benefício do Governo Federal por residência foi de R$ 881. Os impactos da transferência de recursos atingiram metade da população brasileira (49,5%), cerca de 104,5 milhões de pessoas. Os números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) são referentes ao mês de junho.

“Os resultados mostram que o Auxílio Emergencial atinge o objetivo de chegar aos mais pobres do País. Sem ele, essas pessoas não teriam condições de sobreviver durante a pandemia. Isso revela o compromisso do Governo Federal em cuidar da população mais vulnerável”, afirmou o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni.

Os dados atualizados de junho revelam um crescimento de 3,1 milhões de lares beneficiados pelos programas do Governo Federal para combater os impactos da pandemia no Brasil. Passou de 26,3 milhões de domicílios em maio para cerca de 29,4 milhões no último mês, o que corresponde a 43% do total de 68,3 milhões de residências no País.

O Governo Federal deve investir cerca de R$ 200 bilhões até o fim do Auxílio Emergencial. A transferência de recursos, conforme mostram os dados da Pnad Covid-19, está concentrada nas faixas de renda mais baixas. Do total gasto até junho, 40% foi parar nas contas dos 20% mais pobres da população. Se aumentarmos o espectro da faixa de renda, metade do valor pago converge para os 30% mais necessitados do país.

 

Leia mais

BOLETIM SALA DE SITUAÇÃO – 29/05/2020

A Sala de Situação de Emergência em Saúde Pública se reuniu, nessa sexta-feira (29), por meio...

INDICADORES: Café em alta, açúcar em baixa nesta quinta (6)

A saca de 60 quilos do café arábica começou a quinta-feira (6) com alta de 1,07% no preço e é vendida a R$ 585,17...

Espírito Santo chega a 1.223 mortes e 31.772 casos confirmados de Coronavírus

O Espírito Santo registrou, até esta quinta-feira (18), 1.223 mortes por Covid-19. O número de casos confirmados chegou a 31.772, sendo que 5.853 são...

Audiência pública debate Plano Nacional de Resíduos Sólidos

Plano Nacional de Resíduos Sólidos propõe novas regras para melhorar a gestão de resíduos. Foto: Banco de imagens O Plano Nacional de Resíduos Sólidos, conhecido...

Leia também

Paraná tem três projetos aprovados na etapa nacional do Inova Senai 2020

Em segundo lugar no ranking geral do Índice FIEC de Inovação dos estados, o Paraná está na final da mostra nacional do Inova Senai...

RR: Produto alimentício e sistema de segurança para o trabalhador foram os projetos selecionados para a final da mostra nacional do Inova Senai 2020

Roraima teve dois projetos aprovados para a final da mostra nacional do Inova Senai 2020. Os trabalhos escolhidos para a nova etapa foram o...

Cinco projetos de Minas Gerais foram selecionados para a etapa nacional do Inova Senai 2020

Minas Gerais está na final da mostra nacional do Inova Senai 2020. O estado, que ocupa o sétimo lugar no ranking geral do Índice...

Três projetos maranhenses estão na final da mostra nacional do Inova Senai 2020

Três projetos do Maranhão foram aprovados para a final da mostra nacional do Inova Senai 2020. O estado, que ocupa o vigésimo sexto lugar...