Autor de vários furtos é preso no Centro de Nova Venécia

Imagem ilustrativa

Um homem de 24 anos foi detido suspeito de furtar um estabelecimento comercial na manhã do último sábado (21), no centro de Nova Venécia.

Segundo a PM, após acionados, militares se deslocaram para atender solicitação de furto em um comércio, ocasião que foram levadas quatro camisas e um par de tênis.

Segundo o solicitante o comércio foi furtado na noite anterior pela parte de trás, transpondo um muro bem alto equipado com serpentina, e arrombado a porta. Enquanto estavam no local, mais duas vítimas também relataram furtos em seus estabelecimentos, onde a grade do teto foi serrada para acesso ao local, tendo sido revirado objetos e furtado um celular da marca Motorola Moto G, de cor cinza.

O terceiro estabelecimento, um consultório odontológico, a funcionária relatou que uma das janelas de vidro foi quebrada e um celular da marca IPhone e R$ 50 foram furtados.

Em outro boletim confeccionado, um edifício localizado no Centro da cidade também foi alvo de furto, tendo sido usado o mesmo modus operandi, sendo serrada a grade e no interior e arrombadas portas de cinco salas, que são alugadas, caracterizando ter sido o mesmo autor das outras ações.

Os militares receberam informações de um indivíduo que é conhecido por praticar delitos usando o mesmo modus operandi, que havia saído da prisão há poucos dias, preso por tráfico de drogas.

Diante da informação, foram feitas buscas e o suspeito foi avistado em uma lanchonete próxima onde os militares se encontravam. De imediato, foi realizada abordagem e busca pessoal. Com ele, havia um relógio dourado da marca Euro e um aparelho celular da Motorola, com as mesmas características do que havia sido furtado.

Os militares também notaram durante a ação que a camisa usada pelo suspeito possuía cheiro de nova e tinha uma etiqueta ainda colada nela, o que levou acionar uma das vítimas, que reconheceu o produtor como sendo um dos furtados, sendo que a etiqueta fixada na camisa do suspeito tinha, também, nas existentes na loja furtada.

Já outra vítima, reconheceu o aparelho celular que estava em posse do suspeito. Diante disso, o criminoso apresentou nervosismo e tentou resistir à prisão, sendo necessário uso proporcional da força.

No momento da imobilização, o detido se jogou sobre o para-brisa de um veículo, quebrando-o e amassando o capô do automóvel. Em seguida, depois de imobilizado, o suspeito foi conduzido à presença da autoridade policial.

Fonte: Jhon Martins / redenoticiaes

Leia mais

Leia também