Aumento do pedágio de rodovias paulistas entra em vigor

Já está em vigor no estado de São Paulo o reajuste contratual dos pedágios. O aumento deveria ocorrer no início de julho, mas foi adiado em virtude da pandemia de Covid-19. De acordo com a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), o aumento tem como base a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA).

Dória se reúne com prefeitos de cidades com altos índices de pacientes internados com Covid-19

ANTT define novas medidas para prevenção da Covid-19 no transporte interestadual

O reajuste vale para as rodovias Anchieta, Imigrantes, Anhanguera, Bandeirantes, Presidente Castelo Branco, Raposo Tavares, Ayrton Senna, Tamoios e Rodoanel. O percentual de aumento pode variar dependendo do tipo de contrato, mas, em geral, deve ser de 2,13%.

Na região da Baixada Santista, por exemplo, a tarifa da praça de São Vicente (no km 280 da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega) continuará sendo de R$ 7,60. Na praça de Santos (km 250 da Cônego Domênico Rangoni), a tarifa passa de R$ 12,80 para R$ 13.

Foto: Arquivo/Agência Brasil

Leia mais

Leia também