Audiência Pública marcará nova fase de implantação do Complexo Ferroviário da Petrocity Ferrovias

Compartilhe

Acontecerá amanhã 11, às 10h, na Câmara de Vereadores de Barra de São Francisco, a primeira audiência pública da nova fase, de implantação do complexo ferroviário da Petrocity Ferrovias. O encontro foi acertado entre o presidente do Legislativo francisquense, vereador Lemão Vitorino (PSD), e o presidente da Petrocity Ferrovias, José Roberto Barbosa da Silva e deverá contar com a presença de vários prefeitos da região, inclsuive o prefeito Enivaldo dos Anjos (PSD), um dos maiores entusiastas do novo modal logístico (Foto ao lado).

Já foram feitas audiências nas cidades que sediarão as UTACs (Unidades de Transbordo e Armazenagem de Cargas) em cidades de Minas Gerais.

Barra de São Francisco está na convergência das EF 456 e EF 030 e sediará uma UTAC que permitirá o transbordo de vagões entre as duas ferrovias.

Os detalhes de implantação da Estrada de Ferro Juscelino Kubitschek (EF 030), que ligará Brasília (DF) ao Complexo Portuário de São Mateus (ES), no distrito de Urussuquara, passando por Barra de São Francisco (ES), numa extensão de 1.300 quilômetros, começaram a ser levados às lideranças políticas e empresariais do Norte de Minas Gerais em fevereiro, na Câmara de Vereadores de Montes Claros.

Ainda no mês de março, a diretoria da Petrocity Ferrovias planeja mais duas audiências públicas, uma em Teófilo Otoni e outra em Grão Mogol, que também sediarão unidades de transbordos na JK. Posteriormente, fará o mesmo em cidades cortadas pela Estrada de Ferro Planalto Central – EF 355. As primeiras audiências já foram feitas em Governador Valadares e Ipatinga, cidade mineiras que serão alcançadas pela Estrada de Ferro Minas-Espírito Santo (EFMES), a EF 456, que ligará o Vale do Aço a Barra de São Francisco.

A rigor, a Estrada de Ferro JK está sendo projetada para ser um corredor de escoamento de grande parte da produção de grãos do Brasil Central, haja vista que Unaí, no Norte de Minas, com cerca de 90 mil habitantes, é um dos maiores produtores de grãos do Brasil tendo destaque ora como maior de feijão, ora como maior produtor de milho, além de um grande volume de soja, arroz, sorgo, trigo e outras culturas.

As cargas que trafegarem pelo Complexo Ferroviário de mais de 2.100 quilômetros da Petrocity Ferrovias terão como destino o Centro Portuário de São Mateus, com capacidade para 18,5 milhões de toneladas/ano, a ser construído pela Petrocity Portos no distrito de Urussuquara. Será o único porto da região Sudeste dentro da área da Sudene. O CPSM está em processo de licenciamento ambiental no Ibama, último passo antes de iniciar as obras.

 

Implantação de complexo ferroviário deve gerar cinco mil empregos diretos; audiência dia 11, apresentará projetos em BSF

Fonte Grupo Petrocity

Leia também

Falcão é o novo responsável pela carreira do Luva de Pedreiro

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - Falcão, um dos maiores nomes da história do futsal, é o novo responsável...

Enap reúne ideias e propostas para criar Agenda de Futuros para o Brasil

O webinário “Tempo de criar: uma agenda de futuros para o Brasil”, promovido pela Escola Nacional de Administração...

ES: guincho particular é chamado após acidente, mas precisou ser guinchado

    Guincho particular precisou ser guinchado após guardas municipais constatarem que o veículo estava com licenciamento vencido — Foto:...

Prazo de emissão da DAP é prorrogado até 31 de outubro

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou, nessa quarta-feira (29), a Portaria nº 174, com alterações à Portaria nº...

Com gol de Gabriel Teixeira, Grêmio derrota Londrina na Série B

O Grêmio retornou ao caminho das vitórias na Série B do Campeonato Brasileiro ao bater o Londrina por...

ES: vítima de acidente na BR-101 seguia para casa e iria comemorar aniversário da namorada

O aniversário de Paula Barbosa não será mais o mesmo. A jovem de 24 anos esperava pelo namorado...