Atendimento Educacional Especializado identifica alunos com múltiplas inteligências

As escolas da Rede Estadual contam com professores do Atendimento Educacional Especializado (AEE) em Altas Habilidades/Superdotação, que identificam estudantes com indícios em Altas Habilidades a partir da sondagem e identificação, que ocorrem por meio do acompanhamento realizado no contraturno escolar, para potencializar as habilidades e os talentos dos alunos.

É o caso de Guilherme Rosa, da 1ª série do Ensino Médio, estudante da Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) Colégio Estadual do Espírito Santo, em Vitória, que vem chamando atenção da professora Simone Clarindo.

Segundo a professora, Guilherme Rosa é um autodidata, com múltiplas inteligências. “Ele é um aluno que tem uma gigante habilidade em arte. Constrói protótipos com sucatas, além de tocar vários instrumentos, como sopro, e ainda tem uma voz encantadora”, contou Simone Clarindo.

O estudante Guilherme Rosa disse que faz o que sente vontade e que gosta de tudo um pouco. “O que mais gosto de fazer não é somente desenhar, pintar, cantar, tocar ou qualquer outra coisa. Faço somente o que dá vontade de fazer, gosto sempre de um pouco de cada coisa. Nunca imaginei e até hoje ainda não me imagino em algo grande, nem mesmo pensei que teria altas habilidades em alguns quesitos, mas pela professora Simone e toda a assistência que tive por meio dela nos seus tempos livres ou ocupados, comecei a desenvolver as minhas técnicas para uma possível divulgação e incentivo do meu trabalho”, afirmou.

O dia 20 de novembro é lembrado pelo Dia da Consciência Negra e Guilherme Rosa já se antecipou e produziu um vídeo sobre o tema, com todo seu talento e sensibilidade. Confira no link: https://bit.ly/2IeljOm.

 

Leia mais

Leia também