Assinado acordo para elaboração do projeto da Barragem do Alívio

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), por intermédio do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), assinou acordo para a liberação de R$ 1,3 milhão para contratar consultoria especializada para elaboração do projeto executivo e início dos estudos ambientais da Barragem do Alívio, localizada em Lajes, no Rio Grande do Norte.

Após ser concluída, a barragem receberá as águas do rio Ceará-Mirim e deverá beneficiar cerca de 26,7 mil habitantes dos municípios de Pedra Preta, Jardim de Angicos, Lajes, Caiçara do Rio do Vento e Pedro Avelino.

“Não há nada mais importante na vida das pessoas do que a água. Ela é essência, é a espinha dorsal. É o equilíbrio e o alicerce sobre o qual nós vamos edificar as nossas vidas. Sem água não há indústria, não há comércio, não há agricultura. Sem água não há vida, não há saúde”, ressaltou o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

Do valor total do projeto, R$ 800 mil são de investimentos federais. O valor restante foi destinado por meio de emenda parlamentar. O projeto, de responsabilidade do Dnocs, tem como objetivo garantir segurança hídrica para a população local. Também será avaliado o plano de reassentamento da população que ocupa a área onde o empreendimento será construído. O estudo será feito pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

 

Assinado acordo para elaboração do projeto da Barragem do Alívio

Do valor total do projeto, R$ 800 mil são de investimentos federais. Foto: Dênio Simões/MDR


Leia mais

Leia também