Arroz chega a custar R$ 40, e setor diz que preço deve continuar em alta

Essencial na mesa da família brasileira, o arroz disparou nos supermercados brasileiros, sobretudo nas últimas semanas. Um pacote de cinco quilos, normalmente vendido a cerca de R$ 15, chega a custar R$ 40 na gôndola.

Levantamento feito pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, mostra que a alta do arroz chega a 100% em 12 meses. E não há alívio no bolso no horizonte.

Produtores especialistas dizem que os preços devem continuar subindo nos próximos meses.

Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro pediu “patriotismo” aos supermercados para segurar os preços de itens da cesta básica. “Estou pedindo um sacrifício, patriotismo para os grandes donos de supermercados para manter na menor margem de lucro”, disse. Em resposta, a Apas (Associação Paulista de Supermercados), informou que os aumentos são “provenientes dos fornecedores de alimentos, que são provenientes de variáveis mercadológicas como maior exportação, câmbio e quebra de produção”.

De fato, os supermercados são apenas a ponta da cadeia. O encarecimento do arroz vem das etapas anteriores. Segundo a Associação Brasileira da Indústria do Arroz (Abiarroz), o produto comprado dos produtores pelas indústrias ficou 30% mais caro só em agosto. Assim como outros produtos da cesta básica, como óleo de soja e feijão, a alta do arroz está ligada à valorização do dólar, que torna as exportações mais lucrativas aos produtores. Além disso, a safra de arroz neste ano caiu, ao mesmo tempo em que a demanda interna pelo produto cresceu durante a pandemia do novo coronavírus. “Com o isolamento, as famílias passaram a consumir mais cereal, num ano de menor oferta, então o preço foi subindo”, afirma Ivo Mello, diretor do Instituto Rio-Grandense do Arroz (IRGA).

Dólar alto favorece exportações

O principal motivo da alta de preços do arroz é o dólar, de acordo com o economista Fábio Silveira, sócio-diretor da MacroSector Consultores. “Embora o dólar tenha mostrado alguma redução nas últimas semanas, a média ainda é muito alta em relação ao ano passado”, disse. Isso faz com que muitos produtores prefiram exportar, ganhando em dólar, a vender arroz no mercado interno.

As exportações de arroz beneficiado saltaram 260% entre março e julho deste ano, para 300 mil toneladas. Para piorar, também houve redução de 59% nas importações do produto no período, para 48,3 mil toneladas. O resultado da balança comercial levou a uma menor disponibilidade do arroz no mercado doméstico.

Medida para aumentar importação foi barrada

Na semana passada, o setor se reuniu para discutir a Tarifa Externa Comum (TEC) do arroz, que implica a cobrança de uma taxa de 16% sobre o arroz importado do Mercosul. Se a tarifa fosse revista, a quantidade de arroz no mercado interno poderia aumentar, levando à queda dos preços. Mas o comitê que decide a questão, composto por produtores, indústria, cooperativas e governo, barrou a medida, com 16 votos contrários, seis favoráveis e uma abstenção.

Leia mais

CONSEGUI O VISTO E VOU FICAR RICO

-Rapaz! É verdade? -Sim. Consegui o visto. -Você vai embora mesmo? – É Preciso ganhar a vida. -Se faz fortuna naquele lugar? -Depende do tempo que ficar. -Dez anos é...

Polícia apreende moto roubada em Água Doce do Norte

MOTO COM RESTRIÇÃO DE FURTO/ROUBO É RECUPERADA PRÓXIMO A VILA LENITA, ÁGUA DOCE DO NORTE Na noite desta quarta-feira (10.06), durante patrulhamento pela rodovia ES-080,...

Leia também

Norte do ES: criança de 6 anos morre depois de ser espancada

Uma criança de 6 anos morreu, nesta sexta-feira (25), depois de ser espancada. O menino estava internado em coma na Unidade de Terapia Intensiva...

Espírito Santo segue com quatro cidades aptas a ter segundo turno nas eleições de 2020

  O Espírito Santo tem quatro cidades com mais de 200 mil eleitores, de acordo com os dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para...

ES: carro é roubado e bandidos ligam para o dono pedindo dinheiro para devolver veículo

  Bandidos roubaram o carro de um aposentado nesta quinta-feira (24) e depois ligaram para o celular dele fazendo ameaças e pedindo dinheiro para devolver...

Capixaba viraliza na internet após fazer embaixadinha com pote de gel; veja o vídeo

Mateus é auxiliar de farmácia e foi flagrado pelas câmeras de videomonitoramento no momento em que "salvava" um pote de gel que caiu do...