Armas sem registro foram apreendidas junto com dinheiro falso em Barra de São Francisco

Compartilhe

Um soldado reformado da Polícia Militar foi flagrado com dinheiro falso, além de três armas de fogo sem registro e de documentos falsos dentro de sua casa na manhã desta terça-feira (23) em Barra de São Francisco.

De acordo com a Polícia Militar, o soldado reformado Roberto Nei, de 49 anos, atuou na instituição entre os anos de 1992 e 2003. A partir daí ele foi afastado definitivamente do trabalho por problemas psicológicos.

A Polícia Civil chegou até a casa do suspeito após uma investigação que durou cerca de dois anos. De acordo com o delegado Leonardo Foratini Dutra, as buscas tiveram início quando várias pessoas passaram a registrar denúncias de que teriam recebido dinheiro falso de comerciantes na região.

Na semana passada, o suspeito foi identificado e um mandado de busca e apreensão foi expedido pela Justiça para que a polícia fosse até a casa dele.

“Encontramos vários objetos, moedas falsas já impressas, faltando só serem cortadas para serem utilizadas. Encontramos também diversos dispositivos eletrônicos, vários notebooks, aparelhos celular, três armas de fogo, munição de vários calibres, RGs falsificados, inclusive RGs de militares”, detalhou o delegado.

Dutra explica que o homem foi autuado em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo e falsificação de documentos públicos.

Quanto às cédulas falsas, as investigações continuarão, inclusive com a atuação da perícia, para que a Polícia Civil decida se o soldado reformado responderá pelo crime de estelionato ou pelo crime de moeda falsa. Neste segundo caso, a investigação passaria a ser conduzida pela Polícia Federal por tratar-se de um crime federal.

Há também a possibilidade de que o soldado seja indiciado pelo crime de receptação, já que a Polícia Civil trabalha com a hipótese de que o suspeito também receba bens roubados e furtados na região.

De acordo com o capitão Prates, da Polícia Militar, o caso será encaminhado à Corregedoria da PM, que avaliará se o suspeito aproveitou-se de sua condição de soldado reformado para praticar os crimes.

“Caso seja comprovada a relação de causa e efeito e também a depender das condições psicológicas e psiquiátricas desse soldado, pode acontecer de ele perder a condição de soldado reformado. Ele teria a carteira de policial reformado recolhida, e isso faria também com que ele não possa ter mais o porte de arma e se valesse das prerrogativas de polícia militar do Espírito Santo”, disse.

O policial será encaminhado ao Quartel do Comando-Geral da Polícia Militar, em Vitória.

Veja também

Notas falsas, armas e documentos falsos apreendidos pela polícia em Barra de São Francisco

Além de notas falsas, polícia apreendeu armas e documentos falsos em Barra de São Francisco

Polícia descobre fábrica de dinheiro falso no centro de Barra de São Francisco

 

Leia também

Rancho Fundo e Santa Teresinha vencem e decidem o título de campeão da Copa Norte

A segunda rodada das semifinais da 16º Copa Norte, de futebol amador, realizadas no último sábado (02) e...

Mulheres lideram três em cada dez negócios no Brasil, mas respondem por apenas 20% das operações de crédito

As mulheres estão na liderança de três em cada dez empreendimentos no Brasil. É o que aponta o...

Mundial: Ana Marcela leva bronze nos 10 km, sua 2ª medalha na Hungria

Pouco mais e um segundo fez a diferença para a campeã olímpica Ana Marcela Cunha na busca do...

Festa de São Pedro foi sensacional em Barra de São Francisco com desfile da Rainha Caipira e quadrilha

Os três dias de festa (01/02 e 03, na área onde será construída a rodoviária foi sensacional com...

Governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, testa positivo para Covid-19

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), divulgou, na manhã desta segunda-feira (4), que testou positivo para...

Vereador Lemão Vitorino destaca importância da Associação de Vila Paulista

Na noite da última segunda-feira, 27/06/2022, o Presidente da Câmara de vereadores de Barra de São Francisco, Lemão...

Respiradores

Olá, gente! Eu sou Fabi Costa, e estamos aqui para mais um episódio do podcast Onde tem SUS, tem...