Argentina se retira do Grupo Lima


A República Argentina formalizou nesta quarta-feira (24) sua saída do denominado Grupo Lima, considerando que as ações desse grupo vêm promovendo em nível internacional, a tentativa de isolar o governo da Venezuela e seus representantes. Considera ainda que essas tentativas foram inócuas. 

“Por outro lado, a participação de um setor da oposição venezuelana como mais um membro do Grupo Lima tem levado à adoção de posições que nosso Governo não pôde e não pode apoiar”, ressalta o comunicado oficial.

O comunicado ressalta que “melhor forma de ajudar os venezuelanos é facilitando um diálogo inclusivo que não favoreça nenhum setor em particular”. 

Na opinião do governo argentino, “num contexto em que a pandemia assola a região, as sanções e bloqueios impostos à Venezuela e às suas autoridades, bem como as tentativas de desestabilização ocorridas em 2020, apenas agravaram a situação da sua população e, em particular, a de seus setores mais vulneráveis”. 

Grupo de Lima

Grupo de Lima (Foto: Sputnik)

Leia mais

Leia também