Apresentação do Relatório de Controle Ambiental dos pontos de embarque do Aquaviário registra 60 participações

A consulta pública on-line de apresentação do Relatório de Controle Ambiental para a construção dos pontos de embarque e desembarque do novo Aquaviário registrou 60 participações e foi encerrada, na última sexta-feira (03). A ação faz parte do processo de licenciamento ambiental e foi realizada pelo Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema). A partir de agora, os técnicos do Iema vão analisar as contribuições e dar prosseguimento ao processo de licenciamento.

As obras de construção dos pontos de embarque e desembarque estão contratadas e devem ser iniciadas pelos municípios de Cariacica e Vila Velha, após a finalização das etapas do licenciamento. Posteriormente, dois outros pontos também serão construídos, em Vitória. O prazo para a construção de cada píer será de seis a oito meses e o valor do investimento é de cerca de R$ 1,5 milhão para cada uma das estações.

Os pontos de embarque e desembarque vão contar com estrutura onde os passageiros vão aguardar a embarcação. Para o acesso aos barcos, haverá uma interligação, tipo ponte, que será coberta para o conforto de quem usar o Aquaviário.

A implantação do novo modal é uma das prioridades do Governo do Estado na área da mobilidade. O Sistema Aquaviário operou na Grande Vitória até a década de 1990, quando foi desativado. A construção dos outros três terminais deve ser iniciada ainda este ano: Prainha, em Vila Velha, e Praça do Papa e Centro, em Vitória.