Após três anos, MEC anuncia Revalida em outubro

Compartilhe

médicos

Última edição, em 2017, teve 7.380 inscritos e 393 aprovados
– Foto:
Banco de Imagem

O edital do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) deve ser publicado em julho, com a aplicação da prova  no dia 11 de outubro, segundo declaração do ministro da Educação, Abraham Weintraub, nessa quinta-feira (14). A última prova do Revalida aconteceu há três anos. 

As provas são realizadas em duas etapas: teórica e prática. A primeira é dividida em duas etapas: 100 questões objetivas, no turno da manhã, e cinco discursivas, à tarde. Prevista para dezembro, a segunda etapa é realizada em uma estação clínica, com edital próprio, e só poderá realizá-la quem for aprovado na primeira. O candidato fará 10 anamneses — “entrevistas” para diagnóstico inicial da doença — em  “pacientes” com diversos sintomas simulados.

Quem reprovar na segunda fase pode refazê-la por mais duas vezes em edições consecutivas — anteriormente, era necessário realizar todo o processo desde o início. 

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC) e responsável pela aplicação do exame, já selecionou os profissionais que formarão a comissão avaliadora do Revalida. As questões sairão do banco nacional de itens do exame. Composta por 10 integrantes, a comissão ficará responsável por selecioná-los. 

Revalida 

O Revalida foi criado em 2011 e é fruto da parceria entre os ministérios da Educação e da Saúde. Foram sete edições até 2017, com um total de 24.327 inscrições. A maioria dos participantes nas sete edições era de nacionalidade brasileira — no último exame, aproximadamente 60%. A Bolívia lidera a quantidade de tentativas de revalidação de diploma. A última edição teve 7.380 inscritos, dos quais 393 foram aprovados.

O exame tem o objetivo de verificar a aquisição de conhecimentos, habilidades e competências requeridas para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS), em nível equivalente ao exigido dos médicos formados no País. 

Fonte: Com informações do Ministério da Educação e do Inep

 

Leia também

“Contestado, a Guerra sem Tiros’, do cineasta Cloves Mendes, será exibido em Barra de São Francisco

No dia 16 de janeiro de 2013, a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e a Universidade Federal...

Alunos recebem Polícia Ambiental e conhecem animais empalhados

  A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Educação e do CMEITI  Maria Idalina Machado...

Confira as fotos da inauguração da clínica de hemodiálise em Barra de São Francisco

A inauguração da clínica de hemodiálise (Med.Álise), na manhã deste sábado (02), em Barra de São Francisco, com...

Veja como participar de concurso público para delegado no Espírito Santo

As inscrições para o concurso público para o cargo de delegado de polícia no Espírito Santo começam na...

Uso de máscara volta a ser obrigatório em repartições do Poder Executivo de Nova Venécia

  A Prefeitura de Nova Venécia decretou o uso obrigatório de máscara em todas as repartições do Poder Executivo...

Seis cidades atingidas por desastres receberão R$ 8,3 milhões para ações de defesa civil

Seis cidades brasileiras atingidas por desastres naturais vão receber mais de R$ 8,3 milhões para investir em ações...

Homem morre em acidente na rodovia que liga Barra de São Francisco a Ecoporanga

Um grave acidente na rodovia que liga Barra de São Francisco a Ecoporanga, próximo ao Córrego do Paraíso,...