Após quatro décadas, marca FNM renasce no país com caminhão elétrico

Mais de quatro décadas após sua extinção no mercado brasileiro, a marca FNM, conhecida como Fenemê, vai batizar uma linha de caminhões elétricos que começará a ser produzida em novembro em Caxias do Sul (RS).

Por trás do projeto estão os empresários José Antônio e Alberto Martins, filhos José Antonio Fernandes Martins, que atuou como executivo da Marcopolo por 53 anos e é um dos acionistas da fabricante de carrocerias.

Fonte: bol.uol

Leia mais

Coronavírus: 11 mil brasileiros estão ilhados no exterior

Pelo menos 11 mil brasileiros estão no exterior, sem poder voltar para casa, por conta da crise do novo coronavírus. Os dados são da...

Detran|ES adota medidas para prevenir a transmissão do novo coronavírus

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo...

Após reportagem, família reconhece homem que morreu esfaqueado em Vitória

Rafael Ventura Fernandes era dependente químico e foi morto com facadas na perna próximo ao Tancredão. Ele foi reconhecido pelo irmão, que viu uma...

Aguadocense Wesley Pereira foi sepultado na tarde da última segunda-feira (09)

Foi sepultado na tarde da última segunda-feira, 9 de março de 2020 o jovem Wesley Pereira,...

Leia também

Rio de Janeiro lidera registros de denúncias de violência contra a mulher no país

O Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, definido em 1999 pela Organização das Nações Unidas (ONU), ainda é uma meta a...

Mais de 800 garrafas de vinho são apreendidas em operação que investiga sonegação de R$ 60 milhões no Espírito Santo

Atacadistas que fornecem bebidas para uma rede varejista com lojas em Vila Velha e Vitória simulavam vendas para outro estado para não recolher impostos. Mais...

ES: carro cai em matagal após perseguição e troca de tiros

Um carro Kia Sportage prata capotou e caiu em um matagal no bairro Serra Dourada III, na Serra, após uma perseguição e troca de...

Eleitor pode denunciar irregularidades de campanha por meio de aplicativo

O eleitor pode denunciar, por meio do aplicativo Pardal, irregularidades encontradas durante a campanha. Com ele, a população ajuda no trabalho de apuração, por...