Após fala de subsecretário de saúde, Vitória e Vila Velha suspendem queima de fogos no réveillon nas praias. Guarapari ainda não definiu!

Em Guarapari as definições sobre o réveillon só serão divulgadas na segunda semana de dezembro, com base nas medidas a serem definidas pelo Comitê de Emergência em Saúde Pública.

Diante do aumento no número de casos de coronavírus no Espírito Santo e das recomendações das autoridades sanitárias, as prefeituras de Vitória e Vila Velha anunciaram que não haverá queima de fogos nas praias na virada do ano de 2020 para 2021.

A decisão vem após a fala incisiva do subsecretário de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin, em coletiva de imprensa na tarde de segunda-feira (30). Ele afirmou que as festas de réveillon no litoral capixaba não poderão acontecer, por conta da pandemia.

“Nós já temos uma portaria, temos instrumento jurídico, recomendando a não realização de atividades de passagem de ano em praias, com fogos de artifício, com aglomeração e instalação de tendas. Não haverá festa de fim de ano em praias. Não haverá eventos. Não são permitidos shows em praça pública, shows em boates e em ambientes fechados”, afirmou Reblin.

A prefeitura da capital, Vitória, informou que a queima de fogos, que marca a virada de ano, está oficialmente suspensa. A decisão foi publicada nesta segunda-feira (30), no Diário Oficial de Vitória, com a revogação do pregão eletrônico, que teve como objeto a contratação de empresa para a realização de show pirotécnico de réveillon.

Segundo o diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Vitória (CDTIV), Leonardo Krohling, a reclassificação da capital no “Mapa de Risco Covid-19” para risco moderado foi fator decisivo para o cancelamento do evento.

Por nota, a Prefeitura de Vila Velha informou que, para evitar aglomerações e atenta ao surgimento de uma possível segunda onda com o aumento de casos de covid-19, decidiu suspender também a tradicional queima de fogos na orla da cidade este ano. “A decisão prima pela segurança dos munícipes”, diz o comunicado oficial do município.

Em relação ao Carnaval, a prefeitura disse que monitora o andamento da pandemia e afirmou que atenderá as determinações das autoridades de Saúde.

A Prefeitura de Guarapari, através da Secretaria Municipal de Turismo, Empreendedorismo e Cultura (Setec) informou que as definições sobre o réveillon só serão divulgadas na segunda semana de dezembro, com base nas medidas a serem definidas pelo Comitê de Emergência em Saúde Pública.

O município havia anunciado, há cerca de 10 dias, que previa a queima de fogos em oito pontos, distribuídos, nas praias da cidade.

Segundo a nota da prefeitura, nesta terça-feira (01) o prefeito, Edson Magalhães, vai se reunir como comitê para definição de novas medidas no município.

Na Serra, a prefeitura disse que ainda está avaliando o que será feito com relação às festas de fim de ano.

Venda de ingressos para shows

O subsecretário Luiz Carlos Reblin alertou ainda, durante entrevista coletiva na segunda-feira (30), que as pessoas fiquem atentas sobre a venda de ingressos para shows e grandes eventos, pois eles estão proibidos.

“A realização de shows, eventos públicos, boates não estão permitidas. Adquirir o ingresso prévio para uma atividade como essa não é adequado. Se alguém te oferecer, ou você verificar na rede social, para a compra de ingresso antecipada para esse tipo de evento, saiba que esta atividade não está permitida”, alertou o subsecretário.

“Se nós seguirmos essas regras, a gente vai contribuir para que a gente tenha um número menor de casos, menos internações, menos casos graves e menos óbitos”, completou Reblin.

Informações : Folha Vitória

Leia mais

Leia também