Apae continua com atendimento aos usuários

» Equipe continua com atendimentos e respeitando as medidas de prevenção da Covid-19

Através dos meios de comunicação por internet, profissionais adequam atividades e enviam aos familiares dos usuários, que estão com aulas suspensas devido à pandemia da Covid-19


Considerando o momento atual em que o País enfrenta a pandemia do novo coronavírus, e os números da Covid-19 não para de crescer, a Associação de Amigos dos Excepcionais (Apae), de Nova Venécia, vem traçando diretrizes em seu caráter de inclusão, acreditando ser importante dar continuidade nos atendimentos ofertados. Os serviços estão sendo ofertados na modalidade à distância e outros presenciais, já que a unidade está sem aulas presenciais, desde março, devido a pandemia.

Na área da assistência social, por exemplo, a equipe está em home office, acessando e-mails administrativos, realização de projetos de emendas parlamentares e outros que venham a surgir. O trabalho realizado com as famílias se da por meio das redes de comunicação (grupos de Whaatsapp) e ligações telefônicas, sendo realizado orientações quanto aos benefícios de cestas básicas (doações realizadas pela população Veneciana), auxílio emergencial do Governo Federal, benefício do Programa Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada para Pessoas com Deficiência e outras demandas que venham vir a surgir, é o que revela o presidente da instituição, Carlos Augusto Fernandes. “Vale ressaltar que há articulação junto à Secretaria de Ação Social para melhor atender os usuários com os benefícios eventuais (cesta básica, auxílio funeral, auxílio natalidade), agendamento no Cadastro Único, doação de alimentos do Programa de Aquisição de Alimentos (CDA), entre outros. Há também articulação junto ao INSS e demais políticas publicas, garantindo assim os direitos desses usuários”, revela o presidente, que ainda completa. “Os educadores sociais estão desenvolver semanalmente atividades e vídeos de fácil acesso para que os usuários e suas famílias possam acessar e se sentir pertencidos ao meio social, minimizando os efeitos do isolamento social”, diz.

» Carlos Augusto Fernandes assumiu pela quinta vez a presidência da Apae de Nova Venécia

A Apae presta Serviço de Atendimento Especializado às Pessoas com Deficiência Física e Intelectual e a seus familiares. Os usuários recebem atendimento transversal e diferenciado por uma equipe multidisciplinar composta por profissionais da assistência social, educação e saúde, que visam contribuir para o desenvolvimento global deste indivíduo com foco nas potencialidades, sejam físicas, intelectual e, ou emocional envolvendo a família e cuidadores nos planos de atendimento e atividades desenvolvidas”.

» Apae tem feito doação de cestas básicos aos familiares dos usuários que necessitam

Atividades

Para que tudo seja preparado, os profissionais da Apae se reúnem dois dias da semana para a organização das atividades não presenciais, com data de entrega para às família, sendo organizadas pastas de atividades para todos os usuários da educação, com atividades impressas, jogos educativos, materiais escolares, livros de histórias infantis, legos, massinhas, figuras de atividades de vida diária com orientações, dentre outros. De acordo com o presidente, os pais ou responsáveis já deram a retorno positivo sobre as atividades. “Os relatos que chegam até nós são maravilhosos. A entrega de atividades acontece de forma quinzenal, sendo registrada em foto. É importante registrar que todas medidas de prevenção ao vírus estão sendo realizadas, assim como a higienização das mãos, utilizando álcool em gel, o distanciamento adequado e o uso de máscaras”, completa.

 


Atendimento na área da saúde também permanece em atividade

Algumas especialidades estão sendo desenvolvidas em home office, já a parte de ortopedia e Neurologia Pediátrica, o serviço vem sendo ofertado de forma presencial

De acordo com o presidente da Apae, Carlos Augusto Fernandes, os atendimentos da equipe multidisciplinar do Centro Especializado em Reabilitação e Reabilitação Física e Intelectual (CERII) da APAE, tendo Assistente Social, Fisioterapeuta, Psicólogo, Terapêuta Ocupacional e Fonoaudiólogo, estão sendo realizados na metodologia de home office, onde cada profissional entra em contato com os respectivos usuários, que já são atendidos por eles na rotina (semanalmente). “Através desse contato são realizadas as atividades dentro da especialidade, avaliação ampla da evolução do usuário, orientações sobre o COVID-19, entre outros. A equipe complementa o teleatendimento com a gravação de vídeos, contendo informações e orientações sobre ao estado clínico dos usuários, que são acompanhados na APAE-CERII, fortalecendo assim o vinculo entre usuário com a equipe e o envolvimento da família em sua reabilitação”, fala.

Para completar, Carlos afirma que está acontecendo atendimento presencial nas especialidades de Neurologia Pediátrica (reabilitação intelectual) e Ortopedia (reabilitação física), porém com a adoção de todas as medidas necessárias para manter o distanciamento social e minimizar ao máximo o risco de provável proliferação do COVID-19. “Dentre as medidas podemos citar: agendamento de usuários em horário marcado, contemplando um menor número de usuários por turno. Ainda, implementação de mais uma sala de espera na quadra da APAE, totalizando duas salas de espera com cadeiras espaçadas e intercaladas conforme orientação técnica da ANVISA Alternância no dia de atendimento dos médicos, ou seja, no dia que a Neuropediatria atende a Ortopedia não atende. Todo usuário ao chegar para atendimento passa pela avaliação de um enfermeiro, onde é feita a triagem pertinente ao tipo de atendimento e uma avaliação para identificar se o usuário apresenta sinais de COVID-19; está sendo realizada higienização constante das cadeiras, consultórios e demais dependências da Instituição”, explica.

» Enquanto aguardam atendimento, usuários permanecem posicionados obedecendo o distanciamento

Leia mais

CGU e Polícia Federal investigam irregularidades com recursos da saúde no Pará

A Controladoria-Geral da União (CGU) e a Polícia Federal investigam irregularidades na contratação, pelo governo do Pará, de Organizações Sociais em Saúde (OSS) para...

Troca de serviços ganha força entre capixabas durante a crise do coronavírus no Espírito Santo

Em meio à crise econômica acentuada pela pandemia do novo coronavírus, profissionais de todos os setores têm buscado alternativas para tentar manter o negócio....

Espírito Santo chega a 3.564 mortes e 122.306 curados com 133.025 casos de Coronavírus

O Espírito Santo registrou, até esta sexta-feira (2), 3.564 mortes por Covid-19. O número de casos confirmados chegou a 133.025. O índice de letalidade...

Antônio Emílio é o candidato a prefeito da Direita em Nova Venécia

Em convenção realizada na noite desta segunda-feira, dia 14, o vereador Antônio Emílio, (Cidadania) teve seu nome homologado como o candidato a prefeito de...

Leia também

Casal comemora 60 anos de união em Nova Venécia

» Maurílio Cicutti, 82 anos, e Nair Santana Cicutti, 80, comemoraram 60 anos de casados No último dia 15, os moradores de Nova Venécia, Maurílio...

Veneciano tem empresa de tijolo na Flórida e afirma que País é lugar das oportunidades

» Rodrigo Scamparle possui empresa de instalação de tijolo de concreto, na Flórida Estando há 16 anos residindo nos Estados Unidos, Rodrigo Scamparle, 37 anos,...

Grupo VSB Granitos e Posto do Elias entregam presentes no Dia das Crianças

O Grupo VSB Granitos e Posto do Elias entregaram no Dia das Crianças, brinquedos e cestas básicas no Posto do Elias e no bairro...

ONDE “DORMEM” OS MORTOS: OS PRIMEIROS CEMITÉRIOS NO SERTÃO DO CRICARÉ

» Detalhe de foto datada do início da década de 1950 onde se vê o primeiro Cemitério Público de Nova Venécia ao fundo da...