Aos 21 anos, estudante e ex-candidata a vereadora de Venda Nova morre após parada cardíaca

A jovem Letícia Caliman Baptisti, de 21 anos, morreu vítima de uma parada cardíaca irreversível, na tarde de segunda-feira (24), em Venda Nova do Imigrante, região Serrana do Espírito Santo. Ela era aluna do curso de Arquitetura e Urbanismo do Instituto Federal de Colatina (Ifes) e foi candidata a vereadora pelo Partido Verde (PV) em 2020, conquistando 85 votos.

A jovem era sobrinha do deputado Federal Evair de Melo, que usou as redes sociais para lamentar a perda. Segundo ele, Letícia era o orgulho da família.

“A gente nunca está preparado. Passou as últimas horas com a gente com o sorriso de sempre. Tenho certeza que seu lugarzinho está guardado no céu. Vai deixar um vazio enorme que preenchemos com a fé e amor eterno por ti”, desabafou o deputado.

A assessoria do deputado contou que Letícia foi para casa almoçar, quando sentiu uma forte dor e disse para a mãe que estava passando muito mal. “No momento, ela caiu e eles chamaram o Samu, mas ela chegou morta no hospital.”

Ainda segundo a assessoria, Letícia não sofria de comorbidades relacionada a doença e não há histórico recente na família.

O Gabinete de Brasília emitiu uma nota, em comunicado interno da Câmara, avisando que as atividades estariam suspensas em respeito ao luto.

O Ifes de Colatina também publicou uma nota nas redes sociais  e declarou luto oficial.


Leia mais

Leia também