Antigo trecho da Reta do Aeroporto passa a ser denominado ‘Rodovia das Paneleiras’

Foto: Hélio Filho/Secom

O governador do Estado, Renato Casagrande, sancionou, nesta sexta-feira (25), a Lei que denomina “Rodovia das Paneleiras” o trecho da antiga Reta do Aeroporto, que foi estadualizada em fevereiro deste ano. A sanção foi realizada no Galpão das Paneleiras, em Goiabeiras, em Vitória, com a presença do deputado estadual Fabrício Gandini, autor da proposta. A lei será publicada na edição do Diário Oficial do Estado da próxima segunda-feira (28).

A Rodovia das Paneleiras faz parte das obras do Complexo Viário de Carapina. A via faz parte do trecho da BR 101, que passará a contar com três faixas por sentido desde o viaduto de acesso à Rodovia do Contorno até a Avenida Fernando Ferrari, além das vias marginais. Também serão implantados novos acessos viários aos bairros Jardim Carapina e Eurico Salles (Avenida João Palácios), eliminando o semáforo de conversão existente atualmente.

“Por conta da obra do Complexo Viário de Carapina que estamos realizando para melhorar a entrada Norte de Vitória, nós estadualizamos esse trecho, que antes era federal. O deputado Gandini teve uma ideia maravilhosa em homenagear as paneleiras. O nome é simbólico, mas irá atrair ainda mais turistas a essa região, valorizando ainda mais o trabalho desses artesãos, que são uma marca da identidade capixaba. Com essa homenagem valorizamos a cultura capixaba”, celebrou o governador Casagrande.

Na justificativa do Projeto de Lei, aprovada pela Assembleia Legislativa, o parlamentar reforçou que as Paneleiras de Goiabeiras são um patrimônio nacional. O processo de produção é praticamente o mesmo que os índios usavam quando aportaram os portugueses na época do descobrimento. O modo de fazer das paneleiras de Goiabeiras é considerado patrimônio imaterial desde 2002 pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Foi o primeiro registro de patrimônio imaterial no Estado do Espírito Santo.

“Nossa ideia foi valorizar a cultura marcante das Paneleiras. Com esse nome, a entrada Norte de Vitória, vamos valorizar esse lindo trabalho que nossos artesãos fazem e atrair ainda mais turistas”, afirmou Gandini.

A presidente da Associação das Paneleiras, Berenicia Nascimento, comemorou a homenagem: “Só tenho a agradecer essa valorização do nosso trabalho, do trabalho das Paneleiras. A rodovia vai melhorar a chegada até aqui e o nome é uma linda homenagem e que dá ainda mais visibilidade a esse trabalho”, disse.

A nova Rodovia das Paneleiras conta com uma extensão de 2,9 quilômetros que compreende o bairro de Jabour/Goiabeiras até o Viaduto do Contorno de Vitória, onde será implantado o Trevo de Carapina.


Leia mais

Leia também