Ano letivo em Nova Venécia inicia com foco na aprendizagem

» A secretária de Educação, Wanessa Sechim, e o prefeito de Nova Venécia, André Fagundes

Para o período da quarentena, o sistema educacional veneciano vai funcionar também no sistema remoto

Baseados no Plano de Retomada do Ano letivo 2021, que foi aprovado pela Comissão de Gestão Pró-Educação e Saúde, e também pelo Conselho Municipal de Educação, o prefeito de Nova Venécia, André Fagundes – que homologou o Plano – e a secretária Municipal de Educação, a professora Wanessa Sechim, anunciaram o início do ano letivo para o próximo dia 22, tendo como principal objetivo, o foco na aprendizagem.

Para o período da quarentena, o sistema educacional veneciano vai funcionar também no sistema remoto. “O primeiro trimestre, que acontece até dia 30 de junho, será nesse formato, porque entendemos que no momento é necessário, pois precisamos preservar vidas dos nossos profissionais, alunos e responsáveis pelos estudantes”, relata a secretária, que ainda esclarece. “Adianto que vamos oferecer um remoto diferente, com interação, com a oportunidade dos alunos e pais terem acesso a vídeos pedagógicos, através da página “Nova Venécia Conectada”, que vai oferecer os recursos necessários para apoiar a qualidade no ensino. Os responsáveis pelos estudantes terão também um Plantão Pedagógico presencial semanal para tirar as dúvidas a respeito das atividades, mas essa iniciativa só se inicia após os 14 dias de quarentena, decretado no Estado”, explica.

Estudos técnicos

Para que acontecesse a retomada, um estudo técnico com todas as questões relevantes que envolvem o meio educacional foi discutido. São 57 escolas, entre elas, 20 urbanas e 37 rurais, que têm matriculados 7.104 alunos, distribuídos da Educação Infantil ao Ensino Fundamental.

De acordo com o prefeito, o intuito das análises foi nortear, através da construção de um planejamento participativo, as diretrizes que serão seguidas durante o ano. “A adequação à realidade da nossa comunidade estudantil foi analisada e hoje, podemos dizer que estamos prontos para iniciar um ano letivo promissor, dentro do momento atual, e com segurança”, fala André Fagundes.

A secretária enfatizou que o ponta pé inicial para elaboração do planejamento, foi a formação da Comissão de Gestão Pró-Educação. De acordo com Wanessa, a partir daí, aconteceram a construção de um calendário, a Readequação do Currículo, a formação dos profissionais da educação, a elaboração de uma pesquisa, que envolveu os profissionais da Educação, e foi destinada aos responsáveis pelos alunos, para que respondessem e ajudassem a planejar, como será na prática o ano letivo. “Na pesquisa, os pais responderam perguntas, que foi o que culminou a idealização para o processo no formato das atividades dos estudantes. Entre os pontos definidos nesse apanhado está a entrega do material de atividades dos alunos de forma impressa. Toda semana o responsável pelo aluno irá até a escola, buscar esse material, que será entregue, orientado, respondido e corrigido também”, revela.

Mais um ponto decidido por maioria na pesquisa, foi o sistema remoto educacional, para o ano letivo de 2021. “A maioria dos responsáveis pelo aluno optou que esse sistema seria o mais seguro, as decisões foram participativas, envolvendo a comunidade”, explica Sechim.

Durante o processo de elaboração para o ano letivo, ainda houve o estudo para corrigir a defasagem de conteúdo dos estudantes, em relação ao ano passado com adequação de conteúdo para 2021. Um estudo, ainda, constatou a deficiência da frota de transporte escolar precária, como também estrutura física de escolas. “Não existia cobertura contratual para alimentação escolar, enfim, precisamos nos adequar primeiro, para somente agora, iniciar o ano letivo”, relata a secretária.

Pensando em um ensino de qualidade, Wanessa Sechim fez questão de investir nos professores e para que fossem preparados para atuar, inclusive no sistema remoto, aconteceram capacitações em parceria com Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), e diversos outros meios de formações, como por exemplo, também o presencial, sempre levando em conta os protocolos de segurança sanitária.

De acordo com a secretária, o sistema remoto educacional em Nova Venécia tem previsão de acontecer até 29 de junho, tendo no calendário o dia 01 de julho, o retorno das aulas presenciais. “Isso vai acontecer de acordo com a realidade que estaremos vivendo. De acordo com a progressão da pandemia do novo coronavírus, poderemos alterar as decisões”, declara a professora Wanessa.

Guia da Família
Os responsáveis pelo estudante vão contar com o “Guia da Família”, material em que constam as orientações como datas de realizações das atividades, informações pertinentes ao andamento da rotina escolar, contatos, entre outras citações, como por exemplo, saber como tirar as dúvidas dos alunos ou dos responsáveis sobre as atividades.
Todas as Unidades de Ensino estão sinalizadas com material visual, contendo orientações relacionadas aos protocolos de prevenção a Covid-19.


Atividades remotas
As próximas entregas das Atividades Pedagógicas Não Presenciais ( APNP’s) acontecem todas as segundas-feiras, sendo a próxima, dia 29 de março, já que a primeira foi retirada pelo responsável pelo aluno, nesta última sexta-feira (19). A Secretaria Municipal de Educação informa que as APNP’S serão entregues pelos professores, de forma presencial nas escolas, e que para preservar a saúde da comunidade educacional, o contingente de profissional nas unidades para a entrega será reduzido por meio de escalonamento.


Plantão pedagógico
Os estudantes terão uma semana para realizar as APNP’s e os pais ou responsáveis terão a oportunidade de tirar dúvidas através de plantões pedagógicos presenciais, por agendamento, realizados pelo professor, conforme cronograma. A SEME informa que o momento será para tirar dúvidas com o professor sobre as APNP’s. Devido ao Decreto Estadual sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente ao novo coronavírus, o Plantão Pedagógico presencial será realizado somente após o próximo dia 05. O Plantão Pedagógico Virtual acontecerá normalmente durante a quarentena.


Equipe gestora na unidade de ensino
De acordo com os Plantões Pedagógicos agendados (exceto durante a atual quarentena) na escola, todos os servidores estarão presentes diariamente, conforme sua jornada de trabalho, nas Unidades de Ensino. Os professores estarão à disposição para planejar, elaborar, corrigir, sanar dúvidas e avaliar as APNP’s, online e ou presencial, as quais serão o instrumento de promoção do estudante neste ano dentro do 1º trimestre.


Calendário Escolar
Início das aulas dia 22 de março (remoto)
Recesso escolar, 08 a 17 de outubro (presencial)
Último dia letivo: 20 de dezembro
19 sábados letivos remotos para alunos e professores.


Nova Venécia [email protected]
A Prefeitura de Nova Venécia, através da Secretaria Municipal de Educação lançou sua página na Internet: Nova Venécia [email protected], para facilitar o acesso aos pais ou responsáveis pelo aluno. Dessa forma, quem não puder ir à escola buscar as atividades impressas, o portal conta com as atividades disponíveis no domínio. Para acessar o conteúdo, basta realizar a busca pelo nome da Unidade de Ensino. Para atender as 2.969 famílias que optaram por receber as atividades de forma virtual, sendo que 219 solicitaram a ação por e-mail; 1818, por WhatsApp e, 852, por plataforma, a Secretaria buscou atender a opção da realidade de cada um. A Secretaria criou e disponibilizou também tutoriais a fim de facilitar a navegação na busca pelas atividades.


Segurança
Todas as escolas contam com material de comunicação visual confeccionado como forma de prevenção ao novo coronavírus, material de higiene, álcool e termômetro. Ainda, conforme recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), o uso da máscara no ambiente escolar será obrigatório.


Revezamento
A Secretaria Municipal de Educação informa que, após reunião com equipe e o prefeito, considerando o período de quarentena, previsto nos decretos municipais 16.276 e 16.277, ambos de 18 de março de 2021, na tentativa de diminuir a circulação de pessoas, decidindo em favor da vida, os professores cumprirão um dia de trabalho presencial na escola e os demais remotamente, por revezamento. Ressaltamos que as Unidades de Ensino permanecerão abertas com a presença dos diretores, supervisores e equipe administrativa; as Coordenações Pedagógicas da SEME ficarão à disposição das Unidades de Ensino para garantir as atividades letivas neste período.

 

Leia mais

Leia também