Ana Maria Braga usa colar de remédios para protestar contra reajuste

Compartilhe

Foto: Reprodução/TV Globo
Foto: Reprodução/TV Globo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A apresentadora Ana Maria Braga, 73, iniciou o programa Mais Você (Globo) nesta segunda-feira (4) com um protesto contra o reajuste de 10,89% dos preços dos remédios no Brasil. Ela surgiu utilizando um colar feito com embalagens de remédios.

“Não posso deixar de protestar contra o aumento do preço dos remédios”, disse a apresentadora, que iniciou o programa com o hino do Palmeiras, que venceu o campeonato Paulista de futebol neste domingo (3). “Quando você pensa que eu já usei de tudo aqui, agora é hora dos remédios se tornarem um artigo de luxo para uma população tão carente”, completou.

Em seguida, Ana Maria deu algumas dicas para que os telespectadores se informem sobre planos de saúde que oferecem desconto na compra dos medicamentos. Além disso, ela também afirmou ser importante pesquisar os preços antes de comprar o remédio.

A Cmed (Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos) do governo federal autorizou reajuste de 10,89% nos medicamentos, e o aumento, foi publicado no Diário Oficial da União da última sexta-feira (1º), já está valendo e pode ser aplicado a qualquer momento em farmácias e drogarias.

Na última semana, farmacêuticos já estavam alertando seus clientes que o preço dos remédios iria subir em breve. A indústria, no entanto, afirma que os novos valores devem ser aplicados em meados de abril por causa dos estoques.

Já os especialistas indicam aos pacientes de uso contínuo que comprem medicamentos o quanto antes, aproveitem programas de desconto do governo federal, das farmácias e dos laboratórios, e pesquisem muito por valores menores e promoções.

Recentemente, a apresentadora apareceu em seu Instagram utilizando uma bolsa de botijão de gás. “Bolsa de luxo”, escreveu na legenda. As hashtags usadas pela apresentadora deixam claro que se trata de mais uma crítica aos novos preços dos produtos no Brasil. Uma delas, inclusive, diz: “O Brasil piorou”.

No iníco de março, o preço médio do botijão chegou a R$ 150 e os revendedores passaram a parcelar o valor em até dez vezes no cartão de crédito, segundo Robson Carneiro dos Santos, presidente do Sergás (Sindicato das Empresas Revendedoras de Gás).

Anteriormente, Ana Maria já havia apresentado o Mais Você com um colar de cenouras para protestar contra os preços abusivos do vegetal e de outros alimentos.

Leia também

Carro bate em palmeira e arranca árvore do lugar em Nova Venécia

Um acidente foi registrado na manhã desta segunda-feira, 23, na reta do bairro Aeroporto, em Nova Venécia. Segundo...

Grave acidente entre motos mata mulher e deixa jovem ferido em Ecoporanga

Uma mulher morreu e um jovem ficou ferido em um grave acidente entre duas motos no início da...

Defesa Civil de Petrópolis já concluiu mais de 10 mil vistorias

A Secretaria de Defesa Civil de Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, já concluiu mais de...

Campanha IPTU Premiado é lançada oficialmente nesta terça-feira, 24

A Prefeitura Municipal de Barra de São Francisco lança na tarde desta terça-feira, 24, na sede da Secretaria...

Em três anos, Governo Federal autorizou R$ 25,9 milhões para sinalização turística no país

A sinalização de destinos e atrativos turísticos facilita a circulação e a localização dos principais pontos que podem...

Congresso promulga emenda da idade limite para nomeação de magistrados

O Congresso Nacional promulgou hoje (17) a emenda à Constituição que eleva de 65 para 70 anos a...

Polícia Civil e PMES prendem duas pessoas durante operação em Montanha

Policiais civis e militares de Montanha realizaram, no último sábado (21), uma operação policial, que culminou na prisão de...